Cada pessoa tem uma energia própria e também a sua família tem uma energia que é o resultado de todas. Esta energia tanto pode condicionar, como pode impulsionar cada um dos indivíduos. Cada família tem aspectos positivos a manter, fortalecer e aspectos negativos a trabalhar.

As lições da energia da família – como nos podem ajudar e como podemos nós ajudar

Apesar de ainda se manter o conceito de família, a verdade é que os dias de hoje pouco ajudam a cultivar a boa energia na família. Quer seja porque há pouco tempo, ou porque levamos a energia para outras famílias que vamos criando, o certo é que, em alguns casos, a energia da família vai ficando fraca pela dispersão dos seus membros, e por isso mesmo perde grandes oportunidades de crescimento.

No entanto, os laços de família existem no campo energético e quando um desses membros está mal, todos os outros irão de alguma forma sentir esse efeito. Por exemplo, se um dos membros começa a desenvolver ansiedade, a energia da família começará a manifestar essa ansiedade, através de alguma aceleração, impaciência, irrequietude, desconforto, mas muitas das vezes sem fazer a mínima ideia porque.

Assim como se um dos membros estiver a atravessar um momento de depressão ou de doença grave. Há quem encontre situações assim, mas que parece não afectar minimamente os restantes membros da família, mas será mesmo assim? Não nos podemos esquecer que nem todas as pessoas sabem manifestar o que sentem, ou mesmo o que pensam.

Então, é mesmo importante termos esta ideia em mente, a doença de um, ou seja o seu desequilíbrio e desarmonia, afectam todos os outros aos quais está ligado.

Assim compreendemos a importância da interdependência e de que realmente todos somos importantes, temos ligações e que nos afectamos uns aos outros. Então, nem sempre o mal estar de um tem a ver consigo mesmo, por vezes é uma ligação aos outros. Mas isto não é para ficarmos em pânico já a procurar mil e uma proteções, é sim para sabermos viver em comunidade, em saber estar atento aos outros e a cuidar deles.

O envio de Reiki à distância poderá ser uma boa ferramenta para algumas destas situações, é por isso que o nível 2 de Reiki se torna tão importante.

A energia da família é algum muito interessante de ser estudado e, sem dúvida, melhorado ou mantido.

A tua própria atitude positiva poderá afectar a família, ajudando a construir uma harmonia cada vez maior entre todos.