O verdadeiro significado do Amor é também um tema abordado pelo budismo e vale a pena escutar as palavras do Ven. Mestre Hsing Yun sobre este tema e tentar aplicar na nossa vida estes ensinamentos.

O Verdadeiro Significado do Amor

O amor tem muitos rostos – egoístas ou incondicionais, contaminados ou puros, finitos ou infinitos e vulgares ou transcendentes. O amor é um instinto. Pode dar-nos força e esperança, mas deve cumprir a moral e a lei para que seja inestimável.
Tudo seria impossível se não houvesse amor. Precisamos de amor para ter amplas afinidades com os outros e um coração de ouro. Deve haver amor entre marido e mulher, pais e filhos e entre amigos. Devemos esforçar-nos para ser como um bodhisattva, que tem bondade e compaixão por todos os seres. Não haveria ordem ou moral se não houvesse amor, porque o amor mantém nossas relações pessoais e estabelece as diferenças entre amigos e famílias.
O amor não é um caminho unidirecional. O verdadeiro amor não é uma possessão, é um sacrifício. Se realmente amamos alguém, devemos ajudá-lo a realizar tudo na vida e desejar-lhe a melhor sorte. No entanto, devemos ter um pouco de discrição com o amor. Deve haver diferenciação entre os objetos do nosso amor. A verdade, a justiça e o bem devem estar no topo da nossa lista, enquanto as mentiras, a injustiça e o mal sempre devem ser excluídos. Devemos também esforçar-nos para ampliar o alcance do nosso amor. Os objetos do nosso amor não devem incluir apenas os nossos entes queridos, mas também o nosso país, o mundo e também a nossa raça que deve estar em paz.
Ao olhar para a sociedade de hoje, vemos poucos exemplos de amor verdadeiro. O que vemos são distorções e abusos do amor. Em vez do amor verdadeiro, há luxúria e ganância. Sem boas causas e condições, o amor pode instigar o crime. Isso pode prejudicar-nos, bem como a outros. Por exemplo, o amor mal colocado entre homens e mulheres pode resultar em adultério ou relacionamentos ilícitos.
Para ter amor duradouro, primeiro devemos cultivar boas causas e condições. Devemos aprender a ter o tipo certo de amor, amor que pode levar ao cumprimento da verdade, da beleza e da bondade. No amor verdadeiro, devemos usar a compaixão para purificar os objetos do nosso amor. No amor verdadeiro, devemos usar a sabedoria para liderar os nossos entes queridos na direção certa. No amor verdadeiro, devemos usar bondade e bondade para ajudar os outros a alcançar seus objetivos. No amor verdadeiro, devemos usar a moral para proteger todo o ser vivo. Como o significado da vida vem do amor, devemos usar aquele amor que é verdadeiro e purificado para dignificar este maravilhoso mundo nosso.