A doença oncológica é uma das mais destabilizantes doenças e que, infelizmente, pode ainda levar a pessoa a grandes desequilíbrios energéticos, emocionais e mentais. Os cristais e a cristaloterapia, são ferramentas meramente auxiliares e que podem complementar as terapias e tratamentos médicos que estão a ser realizados. Em caso de dúvidas, falar sempre com o médico e terapeuta responsável.

Os cristais e a doença oncológica

O uso de cristais na doença oncológica tem uma aplicação no corpo energético da pessoa. Como no caso de uso de quimioterapia e radioterapia o campo energético da pessoa fica bastante desequilibrado, mostrando-se na reacção do byosen que os praticantes de Reiki sentem, iremos trabalhar com os cristais de duas formas:

  1. Limpeza do campo energético e da energia vital da pessoa;
  2. Revitalização da energia da pessoa.

Limpeza do campo energético e da energia vital da pessoa com doença oncológica

Cada praticante sente a energia de uma forma diferente e poderá ter métodos diferentes, por isso mesmo, está é uma mera indicação de protocolo.

Apesar do uso corrente para a limpeza do campo energético ser a Turmalina, considero que o Quartzo Fumado tem excelentes capacidades na absorção da energia em desequilíbrio. O Quartzo Fumado “puxa” a energia em desarmonia, limpando a área onde está. Então poderíamos contemplar duas possíveis situações:

  1. Colocação de cinco pontas de cristal à volta da pessoa, viradas para fora, para dispersão dessa energia em desarmonia. No caso de não ter pontas, podem ser cinco pedaços de quartzo fumado;
  2. Colocação de quartzo fumado nas zonas que possam estar mais afectadas no campo energético, desde que não façam diferença de peso e contacto na pessoa.

No caso do byosen ser muito agressivo, poderá também ser usada Shungite.

Aconselho a que este tipo de tratamento seja realizado dias após o tratamento médico e não imediatamente.

Revitalização da energia da pessoa

A revitalização da pessoa irá depender das condições energéticas que ela apresente, então deixarei alguns exemplos do que poderá ser usado:

  • Genérico para o tratamento oncológico – Sugilite;
  • Gestão emocional e poder pessoal – Citrino, Jaspe Amarelo (plexo solar);
  • Amor próprio, tranquilidade – Quartzo Rosa, Rodocrosite (Cardíaco);
  • Paz interior e harmonia – Ametista (Terceira Visão, Coroa);
  • Equilíbrio geral – colocar os cristais dos sete chakras;
  • Reforço espiritual – Labradorite;
  • Limpeza e elevação energética – Selenite.

As combinações são quase infinitas é por isso mesmo que deve haver a conjugação de intuição com o entendimento do que a pessoa necessita.

Lembra-te sempre que esta prática é absolutamente complementar, do campo energético e nada tem a ver com curas, mas apenas com o equilíbrio e harmonia da pessoa.