Confio é capaz de ser um dos mais desafiantes princípios, não só da prática de Reiki, mas também de toda a nossa vida. Mas porque será a confiança tão difícil de estabelecer nos dias de hoje?

Só por hoje, confio – em que? em quem? porque? – Os cinco princípios para as relações humanas

Sabemos que a grande direção dos cinco princípios é a nossa própria transformação. Estes princípios não são orientados para os outros, mas sim para nós mesmos. Somos nós que temos que Confiar, mas como o poderemos fazer?

Para uns, a auto confiança é algo de muito difícil e por vezes entregam uma enorme confiança aos outros. Ao fazê-lo, por um lado estão a desresponsabilizar-se, por outro lado estão causa cada vez mais dificuldade à sua própria auto estima. Para confiar, é preciso saber amar e este trabalho árduo começa em nós e para nós.

Para outros, a confiança é difícil de ser entregue, depositada, nos outros. Isto acontece por decepções, por confianças quebradas, ou seja, por más experiências.

Só por hoje confio, ensina-nos que precisamos desenvolver a auto confiança, acreditar mais em nós mesmos, termos mais amor por nós e também responsabilidade. Sabemos que temos limites e quando necessário, vamos pedir ajuda. Se a ajuda não tiver disponibilidade, não faz mal, pedimos ajuda a outro e se ninguém tiver disponibilidade, nós encontraremos forma de resolver a situação, dentro daquilo que for possível. A auto confiança ensina-te que és importante, que todos são importantes e que de alguma forma tu és capaz.

Para aprendermos a confiar nos outros, precisamos compreender claramente o que precisamos deles e declarar isso explicitamente. É como fazer um contrato. Esse contrato vai mudando ao longo do tempo e é preciso informar, comunicar e não esperar que o outro se lembre ou reconheça essa mudança. A comunicação é importante na confiança porque estabelece sempre uma igualdade informada, ou seja, todos estão ao mesmo nível apesar de um ter um papel na relação que pode ser diferente do outro.

A confiança também é assente na vida. Precisamos aprender a escutar a vida e as lições que ela tem para nós. Como o Mestre Usui dizia, “Confia no Universo que o Universo confia em ti”. Confiar na vida é saber que devemos lutar por aquilo que acreditamos, que escutamos o caminho da vida e que sabemos que não estamos sós, que tudo faz parte da vida e que o nosso propósito é viver, em harmonia e equilíbrio, os pilares que o primeiro princípio, só por hoje sou calmo, nos traz.

Vale mesmo a pena trabalhares a confiança, ela é um fogo que te anima e guia pela vida. Não te apegues às necessidades e tudo fará sentido.