Reiki,  Tratamentos de Reiki

Tratamento de Reiki a outros estando medicado

Se estás a ser medicado para alguma situação emocional ou questão física exigente pode surgir-te a questão – será que estás capaz para realizar um tratamento de reiki a outros?

Como saber em que condição se pode fazer um tratamento de Reiki a outros

Hoje em dia tomamos todo o tipo de medicação e quase para qualquer tipo de condição física, emocional ou mental. De que forma pode uma aspirina alterar o nosso estado energético ou um anti-inflamatório?

De facto não sabemos, mas é por isso mesmo que um terapeuta de Reiki precisa ser um praticante com experiência. Nessa sua experiência, ele sabe que em primeiro lugar está o seu próprio cuidado, equilíbrio e harmonia. A consciência que toma é alcançada com o autotratamento regular e, fazendo-o na totalidade, consegue perceber como está, até mesmo por comparação pelo antes e depois.

tratamento de Reiki

Como um medicamento pode afectar o tratamento Reiki a outros

Em primeiro lugar é preciso ter consciência que, em necessidade de tratamento, o terapeuta de Reiki deve sempre consultar o médico e tomar a medicação prescrita para a sua condição.

Se sentires que de alguma forma o medicamento que estás a tomar afecta a tua forma de sentir a energia, através do byosen, ou do fluxo de energia que passa para a pessoa, então podes não estar na melhor das condições para fazeres um tratamento de Reiki a outros.

Alguns tipos de medicação podem servir como inibidores, outros podem deixar-te sonolento, ou até enjoado. Mas isto não pode ser aplicado como regra, mas sim como característica individual, ou seja, de pessoa para pessoa. É por isso mesmo que tens que ter grande consciência de ti perante estas situações.

Estar em equilíbrio e harmonia para tratar os outros é importante, para que possamos estar nas melhores condições possíveis para escutar, perceber a condição energética, compreender as causas da condição e depois, aplicar Reiki, como energia.

Ter este processo em mente faz de ti um profissional ou mesmo um voluntário de grande consciência.

Todos temos problemas e instabilidade, há situações em que os conseguimos ultrapassar através da entrega total na prática de Reiki, outras situações não e é aí que tem que estar a tua toma de decisão consciente.

Aplicar Reiki a outros é uma grande responsabilidade.

Não te esqueças de continuar o teu autotratamento para auxiliares o efeito dos medicamentos e eliminares os efeitos secundários.

Designer, Mestre, Terapeuta de Reiki, Presidente da Associação Portuguesa de Reiki e fundador da Ser - Cooperativa de Solidariedade Social. Autor dos livros «Reiki Guia para uma Vida Feliz», «O Grande Livro do Reiki», «Reiki Usui», entre muitos outros. Fundador da revista "Budismo, uma resposta ao sofrimento". Acima de tudo quero partilhar contigo o porquê de Reiki ser a «Arte Secreta de Convidar a Felicidade».

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.