Um exemplo de iluminação na vida comum

A partir de um determinado momento de consciência, todos procuramos a iluminação. Mas o que é a iluminação?

Mais uma vez, a nossa sociedade ocidental é desafiada com uma perspectiva oriental que nos pede um momento de compreensão transcendental e um acesso à paz e felicidade duradouras, a que no Reiki aplicamos o conceito de anshin ritsumei.

A iluminação num momento

Partilho contigo uma pequena história sobre a monja Chiyono também conhecida no Japão por Mugai Nyodai, a primeira mulher mestre Zen.

A monja Chiyono estudou durante anos, mas não foi capaz de encontrar a iluminação. Uma noite, ela carregava um velho balde cheio de água. Enquanto caminhava, olhava para a lua cheia reflectida no balde de água. Subitamente, a cana de bambu que usava para transportar o balde, partiu-se, e o balde caiu ao chão. A água espalhou-se, o reflexo da lua desapareceu e Chiyono tornou-se iluminada.

Ele escreveu este verso: Desta e daquela forma, eu tentei manter o balde em equilíbrio, à espera que o bambu fraco nunca se partisse. De repente, o fundo caiu. Deixou de haver água. Deixou de haver lua na água – o vazio na minha mão.

iluminação

Como escutares os teus momentos de iluminação

Osho dizia que a iluminação vem num só momento, não através de um acto contínuo, mas a verdade é que sem o cultivo da consciência e da atenção, podemos passar pela iluminação e nem nos apercebermos disso. Assim como Nyodai pode obter o seu momento de iluminação através de um balde de água, tal só aconteceu porque antes ela soube contemplar o que existia, podendo assim compreender a impermanência e o vazio criador. Da mesma forma, tu podes carregar um balde, deixá-lo cair e apenas lamentar, ou podes deixar cair um balde e encontrar a clareza que te traz paz e felicidade.

A iluminação é um estado que todos alcançamos, cada um com o seu próprio caminho. A iluminação é mostrada em muitos momentos, pois o universo “conspira” a teu favor. Assim, não precisas correr para alcançar a iluminação, mas precisas estar atento e isso exige diligência e esforço. Este é um esforço positivo, construtivo e renovador da tua humanidade.

Por isso mesmo, os cinco princípios de Reiki levam-nos ao anshin ritsumei, a um caminho de paz e felicidade duradouros – no momento presente, com harmonia, com confiança, gratidão, honestidade e bondade.

Só por hoje, observa a tua iluminação.

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.