A passagem de mais um mestre, o agradecimento aos ensinamentos

2017 mostrou-se um ano de reflexão sobre a passagem entre caminhos, entre a vida e a morte, entre o que se aprende e o que se transmite. Faleceu a minha primeira Mestre de Reiki e a ela presto-lhe homenagem.

Reiki, um agradecimento de vida

Assim fui parar ao Reiki, porque “seria algo bom para mim”.

Aprendi e tive a sorte de ter um acompanhamento regular. Assim recebi a semente que me levou a procurar mais quem foi “a pessoa que criou isto tão extraordinário”. Esta é a lição de agradecimento, pois o que aprendemos é-nos ensinado e para tal, é preciso estar receptivo, sintonizado. É preciso escutar e apreciar.

Foram anos de apreço, de companhia e crescimento. De aprendizagem não só de Reiki, mas também outras coisas que ainda mais reforçaram o Reiki.

Foi um tempo sem fotografias, porque naquele tempo não se costumavam tirar fotografias, nem os telemóveis estavam para aí virados, no entanto, fica a memória de muitos tempos, de muitas aulas e partilhas.

Tenho então um grande jardim de boas flores a agradecer e o que tento de melhor fazer que possa honrar os ensinamentos passados, que apesar de serem diferentes, vêm da mesma fonte.

Muito obrigado, Mestre por tudo e que continuemos sempre num caminho a “guiar para uma vida feliz e pacífica”. Agora sim, ainda mais unida a Reiki.

Categorias de Artigos
Recebe a newsletter

Newsletter

Comments
All comments.
Comments

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

  1. mparsotam

    Texto muito profundo… Obrigada por hoje e por tudo!!!Maria Joao