Como enraizar um paciente

Enraizar um paciente ou uma pessoa que estejamos a tratar pode trazer alguns benefícios. Esta prática não é propriamente uma técnica de Reiki, mas torna-se um grande auxiliador energético em todo o processo terapêutico.

Enraizar ao tratar

Podes aplicar a técnica de enraizamento quer em ti, quer na outra pessoa. Ao enraizares-te estarás a auxiliar o teu centramento, o correcto fluxo da energia que vem de cima e mesmo a escoar o excesso de energia que vás acumulando. Acumular energia é um processo natural porque além de fluir energia para o receptor, tu também irás sentir a energia da sua aura, consciente ou inconscientemente.

Enraizar

Ao enraizar a outra pessoa, estarás a ajudar a circulação da energia, por todo o corpo, como se um fio invisível viesse do chakra da coroa até ao centro da Terra. Podes fazer esta técnica de forma muito simples, usando apenas a visualização, colocando as mãos nos ombros da pessoa e imaginar que dos seus pés saem raízes para o centro da Terra, fazendo com que ela fique bem agarrada.

Claro que na realidade podes fazer a visualização em qualquer parte do corpo, porque tudo é um processo energético. Podes sentir que não há necessidade nenhuma de o fazer antes do tratamento, mas poderás sentir necessidade no final, quando for para a pessoa regressar ao momento presente. Esta técnica não é de todo obrigatória. Tenta estar atento à tua própria percepção e se sentires que existe algum bloqueio ou uma cabeça demasiado “no ar”, aí sim, aplica o enraizamento.

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.