O Tao do Reiki

Descobrir, Desenvolver e Crescer com Reiki

Ensinar Reiki será fácil?

Se um Mestre de Reiki optar por dar um curso de um dia sem mais acompanhamento, ensinar Reiki possivelmente será fácil, mas se quiser auxiliar o praticante a desenvolver-se, com acompanhamento, a sua tarefa de ensinar Reiki será exigente, mas também recompensadora pelo crescimento mútuo.

Ensinar Reiki e os seus desafios

Cada nível de Reiki tem os seus desafios próprios e cada praticante trará com ele questões que poderão ser mais ou menos desafiantes. Vamos então observar algumas das questões com que um mestre poderá ter que se debruçar:

Nível 1

  • Como sentir a energia ou desenvolver a percepção do sentir;
  • Como realizar o autotratamento sem desmotivação;
  • Compreender a filosofia de vida e aplicá-la;
  • Diferenciar o desenvolvimento da consciência, da prática energética.

Nível 2

  • Ensino dos símbolos;
  • Os efeitos dos mesmos nos praticantes;
  • A aplicação ética;
  • Tratar os outros, com Reiki.

Nível 3

  • Como desenvolver mais o praticante, fazendo um caminho de mestre interior;
  • Trabalhar a descoberta do lado sombra;
  • Definir a importância do Daikomyo;
  • Incentivar a presença necessária nos workshops;
  • Estimular a prática terapêutica.

Nível 3B

  • Estimular o compromisso;
  • Desenvolver o trabalho de grupo, que é muito difícil;
  • Preparar os manuais antecipadamente;
  • Compreender a fundo a missão do Usui Reiki Ryoho;
  • Estruturar e incentivar um ensino acompanhado.

A partir do nível 3, por vezes nota-se uma falta de presença na prática, talvez porque já começam a orientar-se mais para a terapia profissional, ou mesmo ensino, assim como maior dificuldade em trabalho de equipa ou consenso nos conceitos, isto porque vai-se assumindo que a experiência de cada um é cada vez mais vincada, gerando uma separação da experiência dos outros.

Algo que poderá ser desmotivante para o Mestre de Reiki é a ausência dos praticantes, por isso mesmo nunca se deve esquecer que é importante inovar, compreender a ausência e também desapegar. Mais importante é o Mestre de Reiki praticar Reiki e isso trará o entendimento de todas as situações. Ensinar Reiki não é uma tarefa fácil, é exigente, requer prática constante e capacidade de acompanhamento, escuta e apoio. Traz grandes benefícios ao termos em mente e coração a missão do Usui Reiki Ryoho, por isso mesmo, nunca te desmotives.

Previous

Tratar o medo com Reiki

Next

Cinco atitudes para um Natal com muito Reiki

2 Comments

  1. Rafael

    Olá João. Mau será quando o mestre falha na espectativa perante o aluno…

    • Olá Rafael, nada melhor quando os dois conseguem dialogar. Muitas vezes não há é espaço para diálogo, apenas para expectativa. Então, nada melhor que cumprir o quarto princípio.
      Outras situações poderão ser o que é acordado como curso, por exemplo, se não houver indicação de acompanhamento, não há acompanhamento. Tudo acaba por ser um processo de aprendizagem e mudança.

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Powered by WordPress & Theme by Anders Norén