O Tao do Reiki

Descobrir, Desenvolver e Crescer com Reiki

Como enviar Reiki à distância para uma sensação

Se tens uma sensação estranha de algo que deves tratar, podes enviar Reiki à distância para essa ideia, mesmo que não tenhas a noção clara da mesma. Por vezes o autotratamento pode trazer-nos determinadas sensações de desconforto que estão associadas a memórias que parecem difusas ou que até não conseguimos associar a nada. Isso é natural e pode acontecer porque Reiki irá sempre trazer ao de cima o que é para tratar.

Enviar Reiki à distância para uma sensação

Vamos abordar o enviar Reiki à distância em dois momentos diferentes – a memória difusa e sem memória associada.

Memória difusa

Se sentes um desconforto mas não te consegues lembrar bem da memória que traz esse desconforto, ou seja, parece que vês uma fotografia desfocada, então podes fazer o seguinte:

  1. Liga-te à energia;
  2. Recita os cinco princípios;
  3. Desenha os três símbolos do nível 2, do terceiro para o primeiro;
  4. Coloca a tua intenção de tratar aquela memória/sensação;
  5. Deixa fluir Reiki. Aqui podes imaginar essa memória difusa, mesmo que não a tenhas claramente, ou podes enviar para ti, para o momento em que ficaste com aquela sensação estranha, após o autotratamento (por exemplo);
  6. Vai visualizando a situação e sensação a ficarem em harmonia;
  7. Termina com os três símbolos;
  8. Agradece.

Sem memória associada

Pode acontecer teres uma sensação sem sequer saberes de onde ela vem. Parece ser algo mesmo esquisito e diferente, mas podes enviar Reiki à distância também para essa situação.

  1. Liga-te à energia;
  2. Recita os cinco princípios;
  3. Desenha os três símbolos do nível 2, do terceiro para o primeiro;
  4. Coloca a tua intenção de tratar sensação que tiveste;
  5. Deixa fluir Reiki. Visualiza-te com a sensação que tiveste e depois a ficares bem, sem ela, em equilíbrio e com força interior;
  6. Termina com os três símbolos;
  7. Agradece.

Previous

Porque é mais fácil tratar os outros com Reiki do que fazer autotratamento

Next

As relações de cura e como observar uma forma de crescer com elas

1 Comment

  1. Belmira Candeias Silva

    Fantástico João estou a adorar todos estes ensinamentos que me tens enviado .Grata

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Powered by WordPress & Theme by Anders Norén