Alguns praticantes de Reiki dizem que o facto de aprenderem e trabalharem mais com a energia lhes traz sonhos lúcidos e até premonições. Associar esses aspectos à prática de Reiki, por um lado poderá ser, por outro poderá nada ter a ver.

Sonhar faz parte de todas as pessoas, umas lembram-se mais dos sonhos do que outras, no entanto, isso não quer dizer que a diferença estará em praticar Reiki.

Disciplinas que nos façam desenvolver a consciência, que nos levem a praticar meditação, concentração, a ter uma maior percepção de nós mesmos, dos outros e da vida, poderão trazer-nos sonhos lúcidos ou as chamadas “premonições”. Ou seja, tudo está na pessoa, o seu desenvolvimento é que a fará ter mais atenção sobre determinadas coisas e mesmo isso dependerá de pessoa para pessoa.

O autotratamento poderá trazer uma noite mais agitada se tiveres “tapado” muitas situações em ti, ou se estás com demasiadas toxinas no teu corpo e ele reagirá para que elas saiam. É como ires dormir de barriga cheia, possivelmente dará uma má noite. Observa se isso te acontece ao fazer autotratamento à noite e se assim for, pratica ainda o enraizamento, banho seco e chuva de Reiki para que te possas libertar de algum peso interior que tenha ficado. Poderás ainda querer fazer quinze minutos de meditação gassho, usando também a técnica de respiração Joshin Kokyu Ho, para aliviares a mente dos pensamentos e emoções que possas ter despertado.

No caso dos sonhos “premonitórios”, pensa como algo que faz parte de nós todos estarmos interligados, é algo natural. Se o teu sonho for de uma situação má, envia Reiki para essa situação e não penses negativamente dela para que não adquira ainda mais intensidade. Ao fazermos este envio de Reiki, estamos a transformar algo negativo em algo positivo ou pelo menos a resolver a questão em nós mesmos.

Se és praticante de Reiki, não tenhas medo, Reiki não te traz mais sonhos. Se estás a sonhar mais, pensa no que tens a aprender com isso, o que os sonhos te mostram do inconsciente e de que forma poderás mudar e resolver a tua vida. Aplica os cinco princípios nessas situações.