A técnica da respiração violeta é muito usada em sistemas de Reiki como o Tibetano e outros de origem comum a ele ou ao essencial. Não é uma prática comum nos sistemas japoneses. A técnica da respiração violeta serve para potenciar a intensidade da energia libertada, transmitida à pessoa, principalmente numa sintonização de Reiki desses sistemas.

A respiração violeta ou respiração de fogo violeta

O uso da energia violeta é uma prática muito comum em vários grupos ou disciplinas de carácter energético. A frequência da energia violeta é a mais alta, dentro do espectro luminoso, como parte da difracção da luz. Ela serve como energia transmutadora, curadora do campo espiritual ou mesmo como elevação da consciência.

Auxilia, para o praticante, a iluminar o seu corpo energético e também a promover o fluxo da sua energia vital.

Introdução à técnica da respiração violeta

Existem várias formas de o fazer, observa o que fará sentido para ti. Uma das formas é iniciar a passagem de energia com uma luz branca, que depois passa a azul e depois a violeta. Eu irei introduzir esta técnica apenas com luz violeta. Aconselho a que experimentem também a técnica iniciando com a luz branca.

  1. Liga-te à energia, promovendo também o teu enraizamento;
  2. Visualiza uma grande energia violeta por cima da cabeça;
  3. Traz essa energia para dentro do teu corpo, ao inspirar, descendo pela frente do corpo, indo do chakra da coroa à raiz;
  4. Visualiza a energia a subir pelas costas, novamente até ao topo da cabeça;
  5. Coloca a língua no palato e contrai o períneo, onde está localizado o ponto hui yin;
  6. Expira ou mantém a respiração presa;
  7. (Agora tens o circuito energético fechado);
  8. (Se usaste a energia branca, visualiza-a agora a tornar-se azul e depois violeta);
  9. Visualiza dentro da tua boca o quarto símbolo de Reiki, dizendo interiormente o seu mantra três vezes;
  10. Quando sentires o símbolo bem cheio dessa energia, podes soprá-lo.
  11. Se quiseres usar a técnica só para ti, visualiza o símbolo a percorrer todos os teus chakras, limpando-os;
  12. Quando quiseres, expira, solta a língua do palato e solta o ponto hui yin.

1_15_12-pain-how-feel

Podes ir fazendo várias inspirações e expirações mas lembra-te sempre de manter o períneo apertado e a lingua no palato.