A energia vital é aquela que é parte integrante de cada um de nós e que vamos recolher às energia que nos envolvem, como por exemplo a energia do céu, da terra e mesmo alimentos, sentimentos, etc… Os nossos chakras servem para captar essa energia vital, nas suas várias frequências e enviá-la para os locais correspondentes nos nossos vários corpos. Em japonês, chama-se a essa energia, o Ki.

Podemos dizer que a energia vital permeia-nos completamente e que o seu esgotamento ou debilidade, traz-nos desequilíbrio, o que leva à doença. Assim, precisamos ter em atenção alguns aspectos para observarmos a contenção e manutenção da nossa energia vital.

O que pode contribuir para a nossa desvitalização:

  1. Chakra da coroa bloqueado – a energia que vem de cima não consegue entrar;
  2. Chakra raiz bloqueado – não há um escoamento para a Terra, a energia pode ficar parada, não absorvemos energia da Terra;
  3. Emoções – as emoções negativas podem fazer-nos perder energia, o desejo e o apego também;
  4. Pensamentos – o excesso de pensamentos, os pensamentos repetitivos, pode fazer perder energia vital;
  5. As ligações – quando estamos ligados a demasiadas pessoas e situações, por exemplo com preocupação, apego, desejo, etc…
  6. Energia Sexual – o desperdício da energia pode trazer desvitalidade e instabilidade emocional. Esta energia é diferente de pessoa para pessoa e de homem para mulher;
  7. Desequilíbrio alimentar – uma alimentação desequilibrada pode não nutrir a energia suficiente para a nossa vitalidade;
  8. Energia transmitida pelos pais e antepassados – A energia que retemos dos nossos pais ou antepassados pode influenciar-nos.

Como conter a energia vital

Na prática de Reiki podemos sempre ter em atenção as seguintes técnicas:

  • Autotratamento – promover o equilíbrio energético;
  • Cinco princípios – melhoria da mente e das emoções;
  • Joshin Kokyu Ho – reciclagem e acumulação da energia (pelo menos 15 a 30 minutos);
  • Banho seco – para cortar ligações desnecessárias e excesso/acumulação de energia densa;
  • Nentatsu – irá ajudar a mudar os hábitos negativos;
  • Enraizamento – para promover a ligação à terra e a descarregar energia densa;
  • Tratamento dos chakras individualmente – irá ajudar ao seu equilíbrio;
  • Fecho do circuito energético – Colocar a língua no palato e contrair o ponto hui yin, para acumular e limpar energia.

Sobre a última técnica, ela não pertence bem ao Reiki, mas pode ser bastante interessante para compreendermos o que se passa com a energia dentro de nós. Experimenta fazer o seguinte:

  1. Centra-te no tanden;
  2. Aperta o períneo, para fechares o ponto hui yin;
  3. Traz energia para dentro de ti e sente o que acontece com ela em todo o corpo;
  4. Expira;
  5. Faz o mesmo, contraindo o períneo e colocando a língua no palato;
  6. O que aconteceu à energia?
  7. Expira, soltando o períneo e a língua, o que aconteceu?

Esta técnica pode ser um grande truque para os Mestres de Reiki.

Manter a nossa vitalidade é muito importante e devemos compreender por onde perdemos energia, que pensamentos e hábitos negativos nos fazem perder a energia. Desta forma, a nossa energia vital será muito maior e de melhor qualidade.