Nível 1 Shoden,  Reiki

7 passos para te iniciar no Reiki

Se de alguma forma te queres iniciar no Reiki e no que representa, então muitos parabéns, estarás a entrar num caminho para a felicidade. Reiki é para todos, qualquer pessoa pode aprender, irás ver que o Usui Reiki Ryoho, o Método de Cura Natural criado pelo Mestre Usui é simples.

Esta prática vai trazer-te uma filosofia de vida transformadora, assente em cinco princípios e uma prática terapêutica, que em primeiro lugar será para ti. Se vais percorrer o caminho da Arte Secreta de Convidar a Felicidade, então prepara-te com sete passos muito simples:

1 – Estado de espírito

Para receber Reiki não é preciso um estado de espírito, uma predisposição, como dizia o Mestre Usui, mas para praticar Reiki, precisas de o ter. Isto quer dizer que precisas desenvolver aquilo que se chama de mente de aprendiz, ou seja, que estarás receptivo, com mente vazia.

2 – Compreende o que é Reiki

Tenta compreender o que é Reiki, não te deixes comprometer por mistificações, pesquisa e estuda. Podes ler em O Grande Livro do Reiki, online, um pouco sobre o que é Reiki. Já sabes que Reiki nada tem a ver com religião ou crenças – trabalhamos com energia e com o desenvolvimento de uma filosofia de vida que é composta por valores universais.

3 – Assume o teu compromisso com o que queres atingir

Qual o teu objectivo com Reiki? O que queres fazer com esta prática?

Colocar estas questões será importante para ti e irá ajudar-te ao longo do caminho. Irá também fazer sentido para o teu Mestre porque assim poderá orientar-te melhor.

4 – Pratica os princípios – integra Reiki na tua vida

Mesmo antes de iniciares o teu nível 1 de Reiki, podes já começar a praticar os cinco princípios e a compreender a filosofia de vida no Reiki.

5 – Escolhe um mestre

Escolher um Mestre de Reiki pode ser feito de várias formas e só a ti poderá fazer sentido. Ao escolheres um Mestre de Reiki podes querer ver situações como:

  • Que acompanhamento tem o curso e o que é oferecido como parte do curso;
  • A localização;
  • As condições;
  • A experiência;
  • A afinidade que sentes com o Mestre;
  • Se já tens amigos a frequentar o curso;
  • Etc…

Para uns um Mestre de Reiki pode ser excelente e para outros não, por isso, só tu podes decidir e sentir o que é melhor para ti.

6 – Prepara-te para te sintonizares

A sintonização é um processo, no Reiki, que te ajudará a trabalhar com a energia universal (Reiki). Ao trabalhar o teu canal energético, a energia poderá “pedir-te” alguma desintoxicação, portanto, se a fizeres antecipadamente, poderá ser tudo mais simples. Podes experimentar fazer o seguinte:

  1. Reduz o consumo de carne vermelha, doces e estimulantes. Não precisas retirar, mas podes reduzir;
  2. Tenta descansar e beber bastante água, se te for confortável;
  3. Quando puderes, retira 10 a 15 minutos para ti e tenta esvaziar a tua mente – é meditar um pouco, irá ajudar-te muito no Reiki. Caso não possas, não faz mal, irás aprender a meditar;
  4. Se quiseres, pratica também o enraizamento e o banho seco, podes fazê-lo mesmo sem ter Reiki.

7 – Entrega-te com mente e coração

Finalmente, vai para a tua prática de Reiki com mente e coração. Sem expectativa, mas com consciência de que este é um caminho para a tua felicidade. É simples, mas requer disciplina e entrega. Será muito positivo para ti. Quando nos entregamos de mente e coração, tudo faz muito mais sentido.

só por hoje Reiki é fixe

 

Designer, Mestre, Terapeuta de Reiki, Presidente da Associação Portuguesa de Reiki e fundador da Ser - Cooperativa de Solidariedade Social. Autor dos livros «Reiki Guia para uma Vida Feliz», «O Grande Livro do Reiki», «Reiki Usui», entre muitos outros. Fundador da revista "Budismo, uma resposta ao sofrimento". Acima de tudo quero partilhar contigo o porquê de Reiki ser a «Arte Secreta de Convidar a Felicidade».

2 comentários

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.