Ao longo da nossa vida, todos já encontramos pensamentos obsessivos que desestabilizam a nossa vida e forma de estar. Esses pensamentos tanto podem ser compulsivos para fazer algo como ruminante, uma espécie de veneno cíclico e imparável que nos esgota. Por exemplo, os ciúmes são pensamentos obsessivos, assim como o desejo por alguém ou por alguma coisa.

Tratar pensamentos obsessivos com Reiki

Tratar energeticamente uma questão implica não apenas tratar os efeitos dela. Os pensamentos obsessivos podem cansar a mente ou o coração e esse é o sinal que a pessoa dá. Muito naturalmente teremos mais impulso em ir tratar a cabeça, o coração ou outra parte do corpo que denote o desgaste pela situação. Mas Reiki pede-nos ainda mais – devemos ir à procura da causa. O que realmente causa os pensamentos obsessivos e porque nos deixamos ir atrás deles?

Cada caso será um caso e por isso mesmo não olhes para esta partilha como a solução mas sim como indicações que poderás usar para a tua própria experiência.

Além de procurares em ti ou na pessoa, através do diálogo, compreender onde está a causa dos pensamentos obsessivos, tenta também observar como está o coração da pessoa. Será que é aí que estão esses pensamentos? A mente produz pensamentos mas o coração tem a residência do que amamos ou achamos amar. Por vezes plantou-se no coração uma imagem que se tornou um desejo e essa imagem é apenas uma ilusão, não é a realidade.

Então, experimenta limpar o coração dessa ilusão, ao mesmo tempo que tratas a mente. Além da prática convencional de Reiki, através das posições, podes aplicar as seguintes técnicas:

  1. Nentatsu – para que auxilies a pessoa a promover pensamentos saudáveis. Convém combinares com a pessoa que tipo de pensamento, virtude, substituirá aquele que ela tem;
  2. Honshazeshonen – trabalhar as questões do passado que possam ter originado estes pensamentos obsessivos;
  3. Seiheki – harmonizar as emoções;
  4. Gedoku Chiryo – para a desintoxicação das emoções.
  5. Cinco princípios – usa os princípios para reflexão sobre como os pensamentos obsessivos te afectam e de que forma devem ser mudados.

Tudo deve ser feito ao longo do tempo e com muito peso e medida. Sem dúvida que a pessoa deve, tem que ser, um participante activo no seu processo de cura.

Tratar estas questões de pensamentos obsessivos é muito importante pois os pensamentos podem tornar-se poluição não só para ti mas também para os outros. Contribuir para um mundo mais saudável começa mesmo por nós.

reiki guia para uma vida feliz - joão magalhães 7