Por vezes ao fazermos o autotratamento ou tratamento a outros sentimos um byosen (a irradiação) tão quente que nos faz inchar as mãos ou aquecer tanto que até podemos transpirar.

Este é um processo natural e pode ocorrer quando há um grande fluxo de energia a passar. Este fluxo pode decorrer da grande necessidade que a zona afectada está a precisar e ao mesmo tempo pode indicar alguns aspectos que podemos reflectir, em relação ao praticante. Então, se o calor é demasiado intenso, podemos verificar o seguinte:

  1. Como está o nosso canal energético?
  2. Que tipo de alimentação tive neste dia ou nestes dias anteriores?
  3. Só tenho esta sensação de extremo calor quando coloco a ou as mãos naquele local específico?

O nosso canal energético, quanto mais prática tem, mais “largo” e permeável fica. Verifica se o canal está assim elástico, alargado ou se sentes que ele possa estar um pouco mais “apertado”.

A alimentação também poderá afectar-te. Se comeres muitos alimentos salgados, ou se a forma de limpeza do teu corpo é a transpiração, então poderá ocorrer uma espécie de excesso de calor interno.

Finalmente, a tua sensação e efeito corporal, poderá apenas ser do local que realmente precisa mesmo de muita energia.

Como libertar o excesso de energia sentido no byosen

Para te libertares do excesso de energia, em primeiro lugar, enraiza-te. O enraizamento ajudará a escoar o excesso de energia para a Terra. Depois, experimenta afastar as mãos da zona afectada, para a aura, entre 5 a 10 cm, poderá até ser preciso mais. Podes ainda ter mesmo que afastar as mãos uma da outra e do centro da questão que estás a tratar, isso ajudará a energia a fluir mais “serenamente”.

Se o desconforto for grande, é preferível que retires uma mão de cada vez e a sacudas, para escoar esse excesso. Podes ainda imaginar que a energia sai também pela ponta dos dedos das mãos, além de sair pelo chakra da palma das mãos. Tudo são “truques” para que mais rapidamente a energia possa sair e aliviar a pressão interior.