Como aplicar Reiki para o frio interior

Por vezes podemos sentir frio interior, um frio que pouco tem a ver com a temperatura exterior. Algumas vezes, esse frio surge à nossa atenção quando estamos a fazer autotratamento ou tratamento a outros com Reiki.

Este é um efeito de byosen, ou seja, de irradiação da doença ou desarmonia em nós. Se considerarmos que o estado normal de um chakra é “quente”, ou seja, que tem energia e que quando deixamos fluir Reiki e sentimos calor, significa que a energia está a preencher o local, então sentir frio significa que esse local está mesmo sem energia.

Aqui precisamos ter atenção em distinguir bem o frio do “vento”, “brisa”, ou “fresco”. Também nem todos os praticantes de Reiki têm que ter estas percepções há quem sinta uma espécie de magnetismo, piquinhos ou electricidade – tudo está correcto, apenas temos que compreender como funcionamos e sentimos o byosen.

Então, ao sentir este frio interior temos que ter duas perspectivas:

  1. O que em mim pode estar a causar este frio, emocionalmente?
  2. Que parte de mim pode estar mesmo sem energia e de que forma perco a energia?

Estas duas questões vão ajudar-te a identificar a causa desse frio. Mais importante que tratar os sintomas ou efeitos é encontrar a causa.

Se esta questão estiver em ti, além do autotratamento, aplica também a reflexão com os cinco princípios sobre a situação emocional que possas ter encontrado. Pratica também o Joshin Kokyu Ho pois irá ajudar-te a renovar a energia e a acumular mais energia vital.

Como dicas para o autotratamento ou tratamento a outros, tem apenas cuidado para o caso do frio te incomodar as mãos, nesse caso afasta-as do local e vai aproximando ao longo do tempo. Tenta perceber o que a energia te pede para fazer. Podes ainda experimentar colocar a energia com a cor do chakra para que o ajude a equilibrar mais rapidamente. Lembra-te que um tratamento de dentro para fora poderá ser mais eficiente e que para isso terás que trabalhar a meditação e visualização.

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.