Reiki para animais e as lições de humanidade

Reiki para animais é uma prática enriquecedora pois permite-nos estar em comunhão com a natureza e com aqueles que são os nossos companheiros animais mais próximos. Ao longo destes anos tive muitas experiências marcantes e três delas trouxeram-me grandes lições:

As lições de Reiki para animais

golden dog laying on the massage table on white background

A igualdade – Um animal tem tanto valor como um humano

Há muitos anos atrás fui chamado para ir ao hospital veterinário pois um cão precisava ser operado mas não conseguia acalmar. As  suas companheiras estavam muito preocupadas pois o seu estado de saúde era grave e sem operação, poderia falecer.

Este foi o tratamento de Reiki mais longo que alguma vez fiz, sempre a enviar energia – quase duas horas contínuas. O corpo não parava de pedir energia mas o byosen que sentia dele, parecia que o que quer que havia de problema estava demasiado espalhado, irrecuperável. Ao longo do tratamento, sentia como se o cão estivesse a chamar pelas suas companheiras e transmiti-lhes isso mesmo. Apesar de ele se ter mantido sempre deitado e entregue ao tratamento, a sua felicidade foi maior.

O cão pode ser operado, acalmou, harmonizou-se o suficiente para a operação mas pouco tempo depois dela faleceu. Este voluntariado trouxe-me uma grande lição vinda das palavras do Mestre Usui – independentemente da condição, devemos sempre continuar até ao fim da vida. Tratar um animal é o mesmo que tratar um humano – respeito, presença, amor incondicional.

reiki-dog-e1400213072686

A gratidão – O que se espera em troca

Num verão estava à beira praia e vi um cãozito com ar desamparado a passar. Perguntei-lhe se ele queria “Reikinho” e estendi-lhe a mão. Ele colocou-se na posição onde mais precisava e assim ficou uns quinze minutos. Quando quis terminar virou costas e foi-se embora.

Eu pensei «olha, aproveitou e foi-se embora, nem disse adeus». Passado pouco tempo, o cãozito regressa com um saquinho na boca. Era um simples saquinho de areia preso por um elástico do cabelo. Ainda hoje, passados tantos anos, guardo esse saquinho e essa lição. Precisamos mesmo compreender o que estamos à espera em troca mesmo quando «damos sem esperar receber».

Encontrar a necessidade – Não somos nós que sabemos o que é melhor

Quando a gata da Sílvia estava grávida, ela gostava muito de ir para perto de mim para que lhe fizesse Reiki. Bastava eu colocar as mãos prontas que ela lá se punha na posição onde queria receber, que era na barriga, perto do seu chakra raiz. Eram tempos e tempos a fazer Reiki e ela muito contente. Quando queria terminar, ia-se embora. Nos animais é muito fácil encontrar a melhor posição para as mãos, eles indicam-nos a sua necessidade.

cat-reiki

Reiki para Animais é incrível e vale a pena. Mesmo que tenhas o nível 1 de Reiki, faz aos teus companheiros, quer sejam cães, gatos, pássaros, peixes, lagartos. A maior parte dos animais gosta e por vezes até gosta de estar por perto quando estamos a fazer o autotratamento. Não te preocupes com as melhores posições, eles indicam-te, colocam-se na melhor posição. Alguns animais não gostam de Reiki e isso não tem a ver contigo, é a mesma coisa que os humanos, uns gostam e outros não. Numa casa com dois gatos um pode adorar e o outro foge a quatro patas. Partilha Reiki com os teus companheiros animais e aprende com eles estas e muitas mais lições de humanidade.

895ad34c3062bc5e4dcd1e0ea51ada60_400x400

Hoje em dia começam também a haver cursos próprios de Reiki para Animais. Para cavalos, cães, gatos. É muito bom ver como o Reiki cresce para o bem comum de toda a existência. Vale a pena praticar.

4 thoughts on “Reiki para animais e as lições de humanidade”

  1. Isabel Rodrigues

    Olá! Já tive 2 experiências muito gratificantes com Reiki em animais.
    A primeira foi a minha cadela aquando da esterilização- antes da cirurgia fui fazendo conforme ela deixava, para harmonizar o corpo que ia deixar de ter um orgão tão importante e depois para que a cicatrização ocorresse da forma mais célere possível (ficou óptima e em 3 dias pudemos tirar o cone que a irritava imenso).
    A segunda experiência foi a semana passada com uma cadelinha de rua que foi atropelada e que levei para o hospital veterinário – tinha a pata partida e precisou de cirurgia – antes da cirurgia fiz presencialmente (porque é muito meiguinha) e à distância para que tudo corresse pelo melhor – só não pedi a cicatrização da pata porque ainda não estava tratada devidamente. A cirurgia correu lindamente, melhor do que os veterinários esperavam e o pós operatório está a correr lindamente (já tenta por a patinha no chão). Vou continuar a mandar para que ela fique totalmente boa e para que arranje um lar para sempre!
    Grata João, por todos os teus ensinamentos e partilhas!!

  2. Gratidão infinita por transmitir teu conhecimento e essas histórias incríveis. Tenho uma cadelinha que não aceita reiki. Já tentei aplicar enquanto ela dormia sob um cobertor… Ela acordou e saiu. Confesso que tinha medo de o “meu reiki ser ruim” (mesmo conscientemente saber que isso não existe). Após ler esse artigo sei que alguns animais não gostam e Ok. Obrigada, foi muito importante pra mim.

  3. Os testemunhos são fantásticos, adorei! muito, muito obrigada. Nós lá em casa adoramos animais, temos galinhas no quintal, três cadelas no exterior, num espaço amplo e um casal de gatos, que circulam livremente, entre o interior e o exterior da casa. Quando estou a meditar, os gatos estendem-se por ali perto. O mais interessante é fixar a posição no início da meditação e, depois, a do fim, completamente diferente, em que estão com as patinhas esticadas, completamente descontraídas ou enrolados num sono profundo.

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.