Chakras,  Tratamentos de Reiki

Tratamento do plexo solar – identificar as questões

O plexo solar é uma zona muito sensível a todos os níveis. Como chakra, rege toda a zona abdominal superior e inclui o fígado e baço, o estômago e o pâncreas. Permite-nos a digestão de tudo – da vida, das relações, emoções, pensamento e dá-nos ainda a força ou fraqueza do poder pessoal. Quando ficamos com demasiadas sensações no plexo solar, o desconforto instala-se e a perda de qualidade de vida também. Para o tratar, devemos pensar em tudo o que envolve, assim como os chakras que mais perto dele estão. Claro que é importante descobrir a causa ou causas desta condição e para isso não há receitas. É um trabalho individual, de crescimento pessoal, que cada um de nós deve realizar.

Para o tratamento do plexo solar

Tem em mente que esta é apenas uma referência de tratamento para que te ajude a compreender em que locais pode haver desarmonia. Tenta também encontrar a causa para a tua condição:

  1. Liga-te à energia e não te esqueças de recitar os cinco princípios;
  2. Inicia o tratamento com uma mão no esplénico e outra no cardíaco;
  3. Depois, mantém no cardíaco e passa a outra mão para o fígado
  4. Quando sentires que já podes mudar, mantém o cardíaco e passa a outra mão para o baço;
  5. Finalmente, ao terminar, mantém o cardíaco e passa a mão para o plexo solar.

Vai observando atentamente como te sentes e altera o tratamento a qualquer altura. Se notares que há ainda muita indisposição, inchaço da barriga ou náuseas, no dia seguinte faz a técnica o umbigo, o Heso Chiryo e depois repete todos os passos.

Designer, Mestre, Terapeuta de Reiki, Presidente da Associação Portuguesa de Reiki e fundador da Ser - Cooperativa de Solidariedade Social. Autor dos livros «Reiki Guia para uma Vida Feliz», «O Grande Livro do Reiki», «Reiki Usui», entre muitos outros. Fundador da revista "Budismo, uma resposta ao sofrimento". Acima de tudo quero partilhar contigo o porquê de Reiki ser a «Arte Secreta de Convidar a Felicidade».

2 comentários

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.