Karuna

O que fazer depois de um curso de Karuna

Após a aprendizagem e sintonização em Karuna nível 1, vamos iniciar a construção do nosso jardim da alma. Esta construção é assente em vários pilares:

  1. A tomada de consciência;
  2. O desenvolvimento da compaixão;
  3. O entendimento do desapego;
  4. A prática constante;
  5. O tempo.

Filosofia de vida no Karuna

Além de mantermos a prática de Reiki e dos cinco princípios, karuna convida-nos a trabalhar a compaixão. Esta assenta também no desenvolvimento da sabedoria – não pode haver compaixão sem sabedoria nem sabedoria sem compaixão. Ao compreender a importância de não viver em sofrimento e de auxiliar os outros a saírem do sofrimento, tornamo-nos mais leves e ao mesmo tempo mais responsáveis. Neste caminho, precisamos desenvolver o desapego genuíno que advém da compreensão que todas as coisas são impermanentes e que o nosso caminho é longo. A nossa humanidade tem um princípio luminoso e é para esse regresso que trabalhamos. Tudo está dentro de nós.

O autotratamento

A prática do autotratamento não é apenas um momento em que colocamos as mãos. É sim um tempo de crescimento interior e reflexão. Podemos ter em consideração alguns pontos:

  • Ligar à energia Karuna (pode ser usando o zonar);
  • Trabalhar com energia cor-de-rosa, de compaixão (caso o queiramos);
  • Desenhar os símbolos (pode ser do primeiro para o último);
  • Colocar a intenção;
  • As posições de autotratamento são as mesmas das de Reiki;
  • Observar como ressoa cada posição com a energia;
  • Agradecer.

Podemos praticar com os símbolos de formas criativas:

  • Desenhando todos na mão e fazendo o autotratamento;
  • Desenhar apenas um dos símbolos e apenas fazer o autotratamento com ele, refletindo sobre as suas propriedades e efeitos;
  • Desenhar todos os símbolos e repeti-los, visualizando, em cada posição;
  • Desenhar um símbolo por dia e repeti-lo em cada posição.

Este tipo de experiências traz profundo conhecimento sobre a prática e não é exclusiva para o autotratamento.

autotratamento karuna João Magalhães

Meditar

Podes também meditar com os símbolos. Escolhe um por dia e observa o que a sua vibração traz. Experimenta aplicá-lo no teu dia-a-dia, assim compreenderás melhor o que esta energia trabalha em ti.

Sou Designer, Mestre, Terapeuta de Reiki, Presidente da Associação Portuguesa de Reiki e fundador da Ser - Cooperativa de Solidariedade Social Autor dos livros «Reiki Guia para uma Vida Feliz», «O Grande Livro do Reiki», «Reiki Usui», entre muitos outros. Fundador da revista "Budismo, uma resposta ao sofrimento". Acima de tudo quero partilhar contigo o porquê de Reiki ser a «Arte Secreta de Convidar a Felicidade».

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.