O memorial de Mikao Usui na celebração dos 150 anos do seu nascimento

150 anos após o nascimento de Mikao Usui, vemos o Usui Reiki Ryoho presente em todo o mundo e tal só é possível pela verdadeira transformação e pela possibilidade de cura e autocuidado que nos trás. Sendo um método simples, com uma filosofia de vida que aponta à melhoria da mente e do corpo, uma arte secreta para convidar a felicidade, o Usui Reiki Ryoho é hoje uma ponte entre o oriente e o ocidente. Nestes 150 anos, honro os ensinamentos de Mikao Usui com a partilha deste artigo que contém algumas fotos da nossa viagem ao Japão, em Março de 2015, assim como o PDF integral de O Grande Livro do Reiki que tem o memorial do Mestre Usui em japonês e a sua tradução para português. Espero assim motivar muitos praticantes a compreenderem um pouco da energia do Mestre Usui e de como os seus alunos o viam, para erguer tal memorial. Que o Reiki continue sempre a fazer todos felizes.

Em primeiro lugar temos que curar o nosso espírito. Em segundo lugar, temos de manter o nosso corpo saudável. - Mikao Usui

Em primeiro lugar temos que curar o nosso espírito. Em segundo lugar, temos de manter o nosso corpo saudável. – Mikao Usui

 

Templo Saiho-ji

Budas e Boddhisatvas no templo Saiho-ji onde se encontra sepultada a família Usui.

A aldeia de Mikao Usui

O mestre Usui nasceu a 15 de Agosto de 1865 na aldeia Taniai, que agora tem o nome de Miyama-cho Taniai, no distrito de Yamagata.

Miyama-cho

Miyama-cho

O pai (Uzaemon Usui), os irmãos (Sanya Usui, que foi médico; Kunji Usui, que foi polícia, e Tsuru Usui, irmã mais velha) de Mikao Usui e ele mesmo, doaram o Torii de pedra, na entrada do templo Amataka, em Abril de 1923. A presença da família Usui está desaparecida em Miyama-cho pois o castelo Usui, construído por Tsunekage foi perdendo a sua utilidade e a casa de família foi comprada por outro proprietário. O Mestre Usui saiu da aldeia em novo e nunca mais regressou à habitação, pelo que se sabe.

Templo

Torii do templo Amataka, mandado erguer pela família Usui em Abril de 1923. A foto foi tirada pelo Mestre R. Rivard quando fez uma viagem ao Japão em 2000.

O túmulo de família e o memorial

O túmulo e memorial ao Mestre Usui encontra-se no Templo Saiho-ji, em Umezato, Tóquio. Podes ver aqui as indicações para lá chegares… O túmulo e memorial é cuidado por membros da Usui Reiki Ryoho Gakkai, a associação criada pelo Mestre Usui.

TUMULO USUI

Túmulo do Mestre Usui, onde colocamos uma fotografia comemorativa, da Associação Portuguesa de Reiki

Na frente do túmulo temos O brasão da família Chiba está presente no pequeno ofertório, em frente ao túmulo.

CHIBA

O brasão da família Chiba

No lado esquerdo da sepultura está a inscrição do falecimento da filha de Mikao e Sadako Usui – Toshiko Usui, 23 de Setembro de 1935 aos 22 anos.

Na parte de trás do memorial, encontramos a gravação do ano em que foi erguido o túmulo e por quem. 昭和2年3月9日  (2º ano do Perído Showa, 9 de Março) / 臼井不二建之 , mandado construir por Usui Fuji (filho de Mikao Usui), que foi professor em Tokyo.

mikao usuiÀ direita da sepultura está o memorial, mandado erguer pelos alunos do Mestre Usui

O Memorial a Mikao Usui

JOAOESILVIAMEMORIALUSUI

João e Sílvia Magalhães a prestarem respeito diante da memória escrita sobre a vida do Mestre Mikao Usui.

No topo da pedra memorial, encontra-se inscrito – Reiho Choso Usui Sensei Kudoku No Hi. Memorial do Benevolente Usui Sensei, fundador do Reiho (tradução literal como método espiritual).

O memorial das grandes realizações do Mestre Usui

A seguinte tradução foi feita pela senhora Masami, do japonês, para O Grande Livro do Reiki.

Chamamos àquele que obteve a qualidade e a força mental, em si mesmo, trabalhando arduamente, um homem de virtude e àquele que espalhou um caminho de salvação e ajudou muitas pessoas um homem de excelência. Um grande apóstolo é o único que tem esta virtude e esta excelência. Desde tempos antigos, muitas grandes pessoas como homens sábios, filósofos, autores de estudos ou religiões eram assim, e o Mestre Usui também era um deles.
O Mestre foi o fundador de um método «de como promover a saúde do seu corpo e mente, usando a energia espiritual do Universo (Reiki)». Ao ouvir falar da sua reputação, muitas pessoas vieram ter com ele de todos os lados e desejaram aprender ou ser tratadas por ele. Ele era muito popular…
O seu nome era Mikao Usui, também conhecido como Kyoho. Nasceu na aldeia de Taniai, Yamagata, na província de Gifu, e era antepassado de Tsuname Chiba, que foi general do exército entre o final do período Heian e o início do período Kamakura. O seu pai era chamado Taneuji, conhecido como Uzaemon, e a sua mulher vinha da família Kawai. Nasceu a 15 de agosto de 1865. Desde criança que estudava arduamente e a sua habilidade era superior à dos seus amigos.
Quando cresceu visitou a Europa e a China, para estudar. No entanto foi pouco afortunado em termos de promoção da carreira, apesar da sua habilidade, e muitas vezes teve de lutar para viver. Apesar de ter muitas dificuldades nunca desistiu e sempre manteve o seu trabalho árduo.
Um dia decidiu jejuar no Monte Kurama e treinou arduamente durante 21 dias. Ele sentiu o impulso da energia espiritual (Reiki) na sua cabeça e descobriu um método de cura. Tentou primeiro em si mesmo e na sua família. O efeito foi maravilhoso. Pensou então que este método devia ser partilhado não só com familiares como também com muitas outras pessoas e deslocou-se para Aoyama, Tóquio, onde fundou a associação em abril de 1922, iniciando o ensino e tratamento da terapia Reiki.

KANJI REIKI - MEMORIAL

Kanji do Reiki, inscrito no Memorial do Mestre Usui

Em setembro de 1923 ocorreu um grande terramoto e muitas pessoas sofreram ferimentos e doenças. Ele sentiu-se compungido e foi para a cidade, onde tratou muitas pessoas todos os dias. Quem sabe quantas pessoas deve ter salvado!… Esta é uma pequena descrição de como o Mestre ajudou tanta gente em sofrimento em tal tempo de emergência.
Desde então, o seu edifício tornou-se pequeno e moveu-se para um novo local em Nakano, Tóquio, em fevereiro de 1925. A sua fama espalhou-se por todo o Japão e ele foi frequentemente convidado para visitar muitas pessoas. Na resposta aos seus pedidos foi até Kure, Hiroxima, Saga e finalmente Fukuyama, em Hiroxima. Durante a sua permanência no hotel, em Fukuyama, ficou doente e faleceu a 9 de março de 1926, com 62 anos.
A sua mulher, Sadako, era da família Suzuki. Tiveram um filho, chamado Fuji, que foi o sucessor da família Usui, e uma filha.
O Mestre Usui era gentil, modesto e natural. Era alto, robusto e estava sempre a sorrir. No entanto, tinha um caráter tão bondoso que quando tinha dificuldades ultrapassava-as com uma clara determinação e paciência.
Ele era instruído e gostava muito de ler. Estava familiarizado com muitos livros de história, biografias, livros de medicina, escrituras budistas, psicologia, adivinhação, encantamentos e fisionomia. É muito evidente que a sua dedicação e o trabalho árduo, baseado no seu saber académico e em numerosas experiências, foram a chave da expansão da terapia Reiki.
O propósito principal da terapia Reiki não é apenas tratar a doença mas também ter saúde e paz na mente e no corpo e desfrutar a vida. Para esta realização ele ensinava as pessoas a compreender os antigos poemas do Imperador Meiji e a cantar os Cinco Princípios de manhã e à noite.

Os Cinco Princípios são:
1. Não te zangues;
2. Não te preocupes;
3. Sê cheio de gratidão;
4. Dedica-te ao teu trabalho;
5. Sê bondoso para com os outros.

Estes são ensinamentos verdadeiramente importantes para a sua disciplina mental e os mesmos que os antigos sábios propalavam. O Mestre chamava aos Cinco Princípios «A arte secreta de convidar a felicidade» e «O remédio milagroso para todas as doenças». Ele tornou-os simples para que todos os pudessem compreender. É essencial sentarem-se direitos, colocarem as mãos juntas em frente a si mesmos e dizerem-nos em voz alta de manhã e à noite, mantendo-os na mente todos os dias,
para que ela se torne mais pura e saudável. É por isto que a terapia Reiki é partilhada com tanta gente.
Agora as gerações mudaram rapidamente e existem muitas diferenças no pensamento das pessoas. Se puderes espalhar a terapia Reiki, isso irá ajudar muita gente que está confusa e perdeu o seu caminho. Não se destina unicamente ao tratamento de doenças crónicas, como de inúmeras outras doenças.
O número de estudantes que aprenderam com o Mestre Usui ultrapassa 2000. Tanto os que são membros da associação em Tóquio como os de outras localidades prosseguem os seus grandes ensinamentos e estão a espalhar o método da terapia Reiki mesmo agora. Apesar de o Mestre ter falecido, devemos continuar a ensinar e a espalhar a terapia Reiki a muitas pessoas. Como o Mestre Usui foi magnífico por partilhar este feito, generosamente, com tantos de nós…! Os nossos membros
juntaram-se hoje e decidiram erguer um memorial no Templo Saihouji, no distrito de Toyotama, para mostrar a virtude e a excelência do Mestre Usui e passá-las para sempre às novas gerações. Eu não podia deixar de escrever este memorial, pois admiro profundamente os grandes feitos do Mestre e também fui tocado pela paixão dos membros para manter a nossa relação enquanto seus discípulos. Espero que as novas gerações continuem a admirar e a seguir o nosso grande Mestre.

Fevereiro de 1927 Composto por: Masayuki Okada, Doutor em
Literatura — Subordinado 3.o posto, 3.a Ordem de Mérito.
Caligrafia por: Almirante Juzaburo Ushida — subordinado 4.o posto, 3.a Ordem de Mérito.

 

JIZO USUI

Querido Mestre Usui, muito obrigado pelo Usui Reiki Ryoho e pela felicidade que traz à vida de todos. Este Jizo encontra-se no cemitério do Templo Saiho-ji, onde está sepultado o Mestre Usui.

Author: João Magalhães

Sou Designer, Mestre, Terapeuta de Reiki, Mestre de Karuna, Presidente da Associação Portuguesa de Reiki e co-fundador do CENIF. Autor dos livros «Reiki Guia para uma Vida Feliz», «O Grande Livro do Reiki» e «Reiki – Elevação da Consciência». Professor de Meditação Terapêutica Integral. Acima de tudo quero partilhar contigo o porquê de Reiki ser a «Arte Secreta de Convidar a Felicidade».

Share This Post On

Deixe um comentário