Reiki para problemas musculares

O músculo é um orgão extremamente complexo que tem duas funções principais – a locomoção, ou seja, o nosso movimento e a expressão, uma acção, realização das ideias que temos, que podem ser o falar, o escrever, etc… Podemos usar o Reiki para problemas musculares tendo em conta que a energia ajuda a regular todo o nosso sistema físico.

O estudo dos músculos é algo de muito complexo, assim como compreender o que acontece desde que há um estímulo eléctrico, à reacção química, ao cálcio que é usado, até que finalmente a acção é realizada. Todo este processo é inconsciente e muito imediato. Ao observar esta complexidade, percebermos que usar Reiki para problemas musculares não pode só envolver o tratamento local da dor, ou seja, o efeito da questão. Precisamos realizar um trabalho em todo o corpo, além de compreender outros aspectos que poderão ser muito importantes, como a mente e a gestão das emoções. Muitos pensamentos ou dificuldade na gestão emocional pode levar a tenção e esta pode expressar-se de formas simples ou muito graves, no nossos sistema muscular. Assim, para tratar um «simples» problema muscular, teremos também que trabalhar todos os nossos corpos, é por isso que Reiki tem uma perspectiva holística e é uma prática energética.

O tratamento de um problema muscular, mesmo que simples, envolve um grande trabalho com Reiki, observando e cuidando os corpos físico, mental e emocional.

O tratamento de um problema muscular, mesmo que simples, envolve um grande trabalho com Reiki, observando e cuidando os corpos físico, mental e emocional.

O tratamento Reiki para problemas musculares

Começa por fazer uma entrevista completa ao teu receptor, compreendendo o que se passa com ele no campo mental e emocional. Tenta compreender de que forma as suas questões de vida possam estar a influenciá-lo muscularmente. Leva-o a identificar claramente toda a área afectada no corpo, a expressar o que sente e como, mesmo criando associações a formas, pesos, ou ausências (para o caso de atrofia muscular). Desta forma poderás depois trabalhar a intenção e o fluxo da energia. Faz também a avaliação de uma escala de dor, será benéfico para perceberes o antes e depois.

Pratica o byosen por todo o corpo, para que sintas as áreas que estejam com défice de energia. Lembra-te do texto inicial sobre os músculos e como até o cálcio intervem neste processo. Nas áreas afectadas, compreende o que a energia te pede e usa a tua criatividade para cumprir o tratamento. O byosen irá ajudar-te a compreender a situação, por isso mantém a tua mente limpa e sem expectativas.

Faz sempre um tratamento completo e incide mais nas zonas que te surgiram como necessárias tratar. Caso seja necessário e o saibas fazer, realiza uma massagem ao teu receptor, antes da sessão de Reiki, para ajudar ao relaxamento muscular e a uma maior absorção da energia. Tradicionalmente, o Reiki tem aplicações de relaxamento muscular mas essas foram-se perdendo ao longo do tempo, passando a ser apenas a técnicas de colocação de mãos. A Mestre Takata usava também a massagem. No entanto, não te esqueças que a tua especialidade é o Reiki e se necessário, remete a pessoa para um profissional. Também sobre a ética, para questões musculares não é preciso pedir à pessoa para se despir, a não ser que sejas também massagista ou profissional nessa área de saúde corporal.

Ao longo do tratamento, deixa fluir a energia, tendo em atenção a situações como espasmos, que podem representar desbloqueios ou picos que poderão representar inflamações. Tem sempre atenção se a pessoa está confortável e se a energia não a incomoda, no caso de inflamações (quente com quente pode ser incomodativo, apesar de estar a tratar).

No final da sessão, fala com o teu receptor e tenta compreender as suas sensações e como está. Avalia a sua escala de dor e o que poderá estar a faltar para que ele fique bem.

Categorias de Artigos
Recebe a newsletter

Newsletter

Comments
All comments.
Comments

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.