O Tao do Reiki

Descobrir, Desenvolver e Crescer com Reiki

Respeitar o ensino de Reiki

Qualquer Mestre de Reiki que sinta os ensinamentos no seu coração e mente, na sua vida e prática, sente que o Reiki é algo de muito mas muito valioso. Pelas transformações que realizou e continua a realizar, pela terapia que já aplicou, pelos desafios que o Reiki lhe trouxe e auxiliou a ultrapassar. Ao ensinar, um Mestre tem também o desejo de que o aluno tenha a sua iluminação e o seu caminho para a felicidade. Claro que o desapego deve estar presente mas, se realmente um Mestre se entrega ao ensino, ele perspectiva todo um Caminho e não somente as horas de um dia. Reiki não se aprende num só dia ou num fim-de-semana, leva meses, anos, uma vida para a elevação e a transformação realmente aconteça. O respeito pelo Reiki leva-nos a compreender isso.

Masayuki Okada, ao escrever o memorial de homenagem ao Mestre Usui, disse algo que nos apela à compreensão do respeito dos ensinamentos e do Respeito pelo Mestre Usui. Escreveu ele «Apesar de o Mestre ter falecido, devemos continuar a ensinar e espalhar a Terapia Reiki a muitas pessoas. Como o Mestre Usui foi magnífico por partilhar este feito, generosamente, com tantos de nós! Os nossos membros juntaram-se hoje e decidiram erguer um memorial no temple Saihouji no distrito Toyotama para mostrar a virtude e excelência do Mestre Usui e deixar tal para sempre para as novas gerações. Eu não podia recusar escrever este memorial pois admiro profundamente os grandes feitos do Mestre e eu também fui tocado pela paixão dos membros para manter a nossa relação enquanto discipulos do Mestre.»

Mais dizia Okada «O propósito principal da terapia Reiki não é apenas tratar a doença mas também ter saúde e paz na mente e no corpo e desfrutar a vida.». Tendo isto em mente e coração, não podemos banalizar, ridicularizar ou mudar radicalmente o que foram os ensinamentos do Mestre Usui em prol de crenças próprias

Progredir no ensino de Reiki tendo-o na mente e coração

Quando um mestre ensina outros a serem mestres e começa logo por ver a falta de vontade na aprendizagem, ou o desejo por ficar rapidamente com um certificado para começar a facturar, ou ainda a percepção que alterará o ensino por completo para que as suas crenças tenham lugar e de repente de Reiki apenas fique o nome porque toda a prática é adulterada, então pode até colocar-se a si próprio em questão. Acreditem que estas são situações perturbadoras e que, num momento inicial nem os cinco princípios trazem serenidade. A prática de Reiki deve crescer, inovar, tornar-se contemporânea, sem dúvida alguma mas isso implica ainda mais trabalho honesto, mais esforço, dedicação e técnicas que levem o praticante à evolução e a um caminho de felicidade. A prática pode ainda crescer imenso nas técnicas de tratamento mas, na verdade, ainda tão pouco se explora daquilo que o mestre Usui ensinou.

Mikao Usui

Mikao Usui

O respeito do aluno pelo Mestre, o respeito do Mestre pelo aluno

Numa relação de ensino há uma aprendizagem mútua. O aluno aprende com o Mestre, o Mestre aprende com o aluno. Pelo menos quem quer fazer da vida um crescimento contínuo realiza que assim é. O respeito mútuo é também importante. Esvaziar a mente e as crenças para receber novos ensinamentos, é importante. Escutar os ensinamentos e pratica, é importante. O Mestre ouvir as necessidades do aluno e auxiliá-lo no seu processo de crescimento e cura, é importante. A linha que separa a objectividade da intrusão pode ser muito ténue. Não deve o aluno esperar que o Mestre lhe resolva as questões da vida, assim como não deve o Mestre esperar que o aluno acate tudo o que ele lhe diz para fazer. A comunicação entre ambos deve ser fluída, verdadeira e bondosa. As águas devem estar sempre limpas entre ambos, cumprindo-se a expectativa e o que é responsabilidade de cada um. Se no final de um curso um aluno se queixa, então de que lhe serviu todo o tempo de aprendizagem? Se um Mestre não se interessa por um aluno, então porque ensina?

Compreender e colocar os limites é importante para ambos e é por isso que hoje em dia, felizmente, os alunos estão cada vez mais exigentes com o acompanhamento e continuação da sua aprendizagem. Por outro lado, há que o aluno ter em atenção o que “exige” do Mestre, se não ultrapassa determinadas barreiras que devem ser mantidas. A prática de Reiki ensina-nos muito sobre isso com os cinco princípios.

Ser Mestre de Reiki (responsável) não é fácil. É incrivelmente exigente mas foi isso mesmo que o Mestre Usui nos ensinou. O caminho para a felicidade, é uma arte secreta, ou seja, é um trabalho interior. Vale a pena ensinar Reiki, vale a pena aprender Reiki, tendo por base o respeito.

 

Previous

Cinco dias de autotratamento Reiki – 2015 ano de cuidar de quem cuida

Next

Faz gassho no teu Reiki

1 Comment

  1. Maria Filomena Franco de Almeida Pessanha Isidoro

    Que maravilha.Obrigada Joao Magalhaes.
    Vale mesmo a pena ensinar Reiki,vale a pena aprender Reiki,tendo por base o respeito.
    <3

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Powered by WordPress & Theme by Anders Norén