Meditação para medo de andar de avião

Podemos usar a meditação como forma de ultrapassar o medo de andar de avião. O medo de andar de avião pode surgir de várias formas, umas mais conscientes outras inconscientes. São muitas as técnicas que podem ser aplicadas para ultrapassar esta questão e, sem dúvida, que um profissional médico deve ser sempre procurado para questões mais graves. A meditação para medo de andar de avião pode tornar-se uma prática simples, sem custos e eficiente para uma melhor qualidade de vida.

Por vezes os medos surgem por nos colocarmos fora de nós mesmos, deixando de ter uma percepção do corpo, do nosso próprio auto-controlo e deslocamos a atenção para o exterior, para o que nos rodeia e nos pode afectar. Sabemos que cada segundo da nossa vida não está exactamente debaixo do nosso controlo. Há coisas que não dependem de nós, então temos que saber viver de acordo com essa consciência.

O medo de andar de avião tem que se trabalhar antes de andar de avião, por isso aconselho-te a que pratiques meditação antes, para que tenhas consciência dos passos e compreendas perfeitamente o que estarás a fazer.

Alcançar a consciência da vida e do que é o controlo

A vida é feita de coisas absolutamente incompreensíveis para nós. De muito pouco temos controlo, talvez à excepção da vida em nós mesmos e mesmo essa tem funções mecânicas que nos protegem. Como por exemplo, podemos prender a respiração mas o corpo depois forçará a mesma para que sobreviva.

Aceitando isto (a aceitação é muito importante) acabamos por ter o tal controlo que gostaríamos de ter. A aceitação traz-nos o conforto e a compreensão e isso torna-nos mais fortes. Sabemos que estamos conscientes e que fazemos o que temos que fazer. Que o medo de pouco nos serve e que pode ser usado para crescermos ainda mais.

Quando tomamos o gosto de observar a vida e de nos considerarmos parte dela, compreendemos melhor a necessidade de controlo. Podemos alcançar isso com a meditação, com o encontro de nós mesmos.

Meditação para medo de andar de avião

Meditar no avião é simples e se quiseres podes ainda usar música para te guiar ou criar um momento de conforto.
Meditar no avião é simples e se quiseres podes ainda usar música para te guiar ou criar um momento de conforto.

Quando te sentares no avião, começa por simples tarefas conscientes – arruma a tua mala, retira o livro que queres ler e coloca-o no separador do banco da frente. Aperta o teu cinto de segurança e ajusta-o confortavelmente. A ideia é criares a noção do teu espaço e de que o estás a ocupar.

Sente o teu corpo no banco, as pernas, a bacia, as costas.

Fecha os olhos e começa por esvaziar a mente. Observa primeiro os teus pensamentos, dizendo apenas “são pensamentos” ou “pensamento”. Não te apegues à emoção que esse pensamento traz mas observa apenas o momento presente e a forma como te sentes. Prepara-te agora para esvaziares a mente – começa por visualizar a tua mente como uma sala e esvazia-a, torna a tua sala interior totalmente vazia e pinta as suas paredes, tecto e chão, de branco.

Sente como estás nesse estado vazio.

Se quiseres dá apenas uma pequena indicação à tua mente – eu estou aqui e agora e estou bem. Se fizeres isto, volta a esvaziar a tua sala.

Prepara a tua atenção para a respiração. É simples e irá ajudar-te a estares focado no momento presente. Quanto mais consciência tiveres de ti mesmo, mais seguro te sentes. Não te apegues ao exterior mas sim a como te sentes neste exacto momento que respiras. Neste preciso segundo, estás bem. Faz respirações em ciclos de 10. Conta 1 com a inspiração, 2 com a expiração, 3 com a inspiração e por aí adiante. Podes também ocupar a mente contando de uma forma prolongada – uuuuuuuummmmmm; doooooooooooiiiissssss; etc…

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.