Reiki,  Técnicas de Reiki,  Tratamentos de Reiki

Tratar a raiva com Reiki um outro olhar para o ódio e a raiva em nós

A raiva pode levar ao ódio e estes alimentam-se da nossa saúde e equilíbrio, consumindo rapidamente qualquer harmonia e mente tranquila. Podemos tratar a raiva com Reiki assim como o ódio, para tal, precisamos reflectir sobre os princípios de Reiki e algumas técnicas que nos auxiliarão no autotratamento.

Tratar a raiva com Reiki compreendendo quem somos e quem o outro é

A raiva surge quando estamos cheios e não conseguimos guardar um tempo para compreender o que vemos, ouvimos. A nossa reacção é imediata o que, por um lado, nos irá desgastar e por outro lado trará também reacção do objecto da nossa raiva. Na verdade, estamos a contribuir para um ciclo de raiva que gera ódio.

Romain Rolland dizia que “Quando a felicidade egoísta é o único objectivo de vida, a vida perde o objectivo.” O que terá a felicidade a ver com o antípoda ódio?

Quebrar o ciclo de raiva e ódio

A sabedoria do Mestre Usui auxilia-nos a compreender um pouco melhor quem somos, onde estamos e como realizarmos a transformação da nossa consciência. A prática dos cinco princípios dá-nos as bases para realizarmos essa transformação. O que podemos reflectir com os cinco princípios para quebrarmos o ciclo e tratarmos a raiva com Reiki:

Só por hoje – consigo compreender o que me faz ter raiva? Consigo parar no momento de ela surgir, compreender a sua origem, os seus efeitos e consequências?

Sou calmo – consigo ter a consciência suficiente para não deixar a raiva consumir-me, trazendo mais ignorância e infelicidade a mim e aos outros?

Confio – confio na lição que esta situação me está a trazer, compreendendo que me fará crescer? Confio em mim mesmo para crescer e ser alguém que leva paz e não ódio?

Sou grato – grato por compreender o que ainda tenho a crescer e por perceber os meus limites?

Trabalho honestamente – sou verdadeiro a expressar o que sinto pela situação? Muitas vezes é a incapacidade de comunicar que nos leva a não compreender. Essa incompreensão, muitas vezes de nós mesmos, deixa-nos intolerantes. Onde está a verdade na raiva e no ódio?

Sou bondoso – Consigo compreender o porquê da acção do outro num contexto humano? Consigo compreender-me a mim mesmo? Onde pára a minha bondade?

Se queremos quebrar o ciclo da raiva e do ódio temos que começar essa mudança em nós. Não podemos esperar que sejam os outros a mudar e achar que apenas nós estamos certos. O cultivo da bondade e compaixão no nosso coração, ajuda-nos a compreender que o perdão é essencial. Perdoar não será esquecer ou permitir que a situação se repita mas sim ter a consciência do que foi o acto, saber indicar que todas as acções terão a sua consequência e que a nossa atitude será excluir-nos do ciclo de ressentimento. Se é fácil? Claro que não mas é passo a passo que vamos desenvolvendo a consciência do perdão, através do esvaziamento das coisas que nos sufocam, criando espaço para a felicidade.

É importante compreendermos quem somos e quem o outro é. Longo é o nosso caminho de crescimento, rumo à felicidade.

Matthieu Ricard sobre o Perdão

[youtube_sc url=”https://www.youtube.com/watch?v=Pd88RzWJ-ug”]

não permitas que as amizades se deteriorem.
Não critiques quem é inculpável;
não pronuncies palavras de discórdia.
Como uma avalanche na montanha
a raiva esmaga as pessoas más.”
Buda

Técnicas para tratar a raiva com Reiki

  • Prática constante dos cinco princípios com plena consciência. Desenvolver a reflexão das situações que passamos à luz desses princípios;
  • Realizar autotratamento com a intenção de nos ajudar a compreender, aceitar e a criar o perdão;
  • Observar o chakra raiz, pois é onde se acumulam muitas situações negativas e tratá-lo;
  • Colocar uma mão no chakra cardíaco e outra no plexo solar para desenvolver a serenidade e harmonia entre sentimentos e emoções, através do amor incondicional;
  • Desintoxicar com o Hesso Chiryo;
  • Após alguma situação de raiva, fazer o banho seco e chuva de Reiki.
Kanji para harmonia - A harmonia é a base da consciência. Com consciência compreendemos o que nos causa a raiva e como reagimos. Precisamos cultivar e distribuir harmonia.
Kanji para harmonia – A harmonia é a base da consciência. Com consciência compreendemos o que nos causa a raiva e como reagimos. Precisamos cultivar e distribuir harmonia.

Designer, Mestre, Terapeuta de Reiki, Presidente da Associação Portuguesa de Reiki e fundador da Ser - Cooperativa de Solidariedade Social. Autor dos livros «Reiki Guia para uma Vida Feliz», «O Grande Livro do Reiki», «Reiki Usui», entre muitos outros. Fundador da revista "Budismo, uma resposta ao sofrimento". Acima de tudo quero partilhar contigo o porquê de Reiki ser a «Arte Secreta de Convidar a Felicidade».

2 comentários

  • Elisabete

    É preciso criar um distanciamento mental entre nós, a pessoa que nos ofendeu e o acto/palavras que nos foram dirigidas. Tentar ver do lado de fora… mudar a perspectiva. Criar distanciamento não é fácil ao princípio, eu que o diga, mas há esta técnica de meditação que consiste em criar um circulo invisível de protecção à nossa volta que nos ajuda a ver tudo de uma forma mais clara. A auto-estima é fundamental e o auto tratamento contribui para isso e para a protecçao de quem somos. Quando perdoamos elevamo-nos e libertamo-nos. Precisamos ser livres.

  • avelina barra

    Grata João por tudo o que tenho aprendido através dos teus artigos . Desejo umas férias cheias de Luz e muito REIKI.
    -/|\- Avelina

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.