Esvaziar do peso para convidar a felicidade

Já alguma vez se sentiram tão pesados interiormente, como se fossem um bloco de cimento ou um manto de escuridão, que vos impede de estar bem? Então como esvaziar este peso para convidar a felicidade?

O nosso mal estar físico, a confusão de intermináveis pensamentos e a incapacidade de lidar com emoções, em determinados momentos da nossa vida, pode levar-nos a sentir um peso gigante, uma escuridão infindável e um bloqueio interior agonizante e deprimente.

“Somos moldados pelos nossos pensamentos, tornamo-nos aquilo que pensamos. Quando a mente é pura, a alegria segue como uma sombra que nunca sai.” ~ Buda

Muitas das nossas questões vêem daí mesmo, da mente. É por isso que cada vez mais devemos trabalhar a nossa capacidade de observação, em conjunto com os princípios do Reiki. O Mestre Mikao Usui dizia que “hoje em dia as pessoas precisam melhorar e reconstruir interior e exteriormente a vida… a razão do lançamento do meu método para o público é para ajudar pessoas com doença no corpo e na mente.”

Este texto da década de 20 ainda hoje é tão actual, passados quase 100 anos. Precisamos melhorar e reconstruir interior e exteriormente a vida. E como?

Esvaziar do peso para convidar a felicidade

Se queremos convidar a felicidade temos que criar um espaço para ela. Se estivermos preenchidos de dor, de confusão, quer ao nível da mente quer ao nível do coração, então não conseguimos convidar a felicidade, apenas estamos a criar um sentimento de remar contra a maré, infrutífero.

O esvaziar interior deve ser feito de duas formas, através da reflexão dos princípios, que nos ajudam a mudar a consciência e do autotratamento. No caso desse peso, bloqueio interior estar além da capacidade de lidarem com ele, procurem ajuda a outro praticante.

Os cinco princípios para convidar a felicidade

A prática dos cinco princípios é importante para o autoconhecimento. À luz de cada princípio, porque sentes esse peso, esse bloqueio?

Só por hoje – consigo estar comigo mesmo neste momento? Porque não?

Sou calmo – o que me faz perder a calma e porquê?

Confio – o que me falta para confiar em mim mesmo e nas lições que tenho a conquistar?

Sou grato – consigo agradecer por este momento de aprendizagem?

Trabalho honestamente – sou totalmente verdadeiro comigo sobre estas questões e pesos?

Sou bondoso – sei lidar com bondade e compaixão comigo mesmo?

O tratamento para esvaziar do peso

Para removerem os bloqueios, o peso, o “cimento” interior, podem usar técnicas como o Gedoku Chiryo Ho. Esta técnica irá ajudar a desintoxicar a energia (pelos rins), os pensamentos (pelo intestino) e as emoções (pelo chakra esplénico), ajudando a clarear o nosso sentido de objectivos. O chakra esplénico é também o portador do nosso sentido de liberdade. Limpando-o sentimo-nos mais limpos, mais leves.

Depois deste tratamento que pode ser de, pelo menos, 30 minutos, realizem um tratamento completo e poderão ainda terminar com um nentatsu, para ajudar a atingir pensamentos positivos.

Se realmente queremos convidar a felicidade, temos que nos libertar dos pesos, temos que criar espaço interior para que essa felicidade possa entrar e crescer.

Author: João Magalhães

Sou Designer, Mestre, Terapeuta de Reiki, Mestre de Karuna, Presidente da Associação Portuguesa de Reiki e co-fundador do CENIF. Autor dos livros «Reiki Guia para uma Vida Feliz», «O Grande Livro do Reiki» e «Reiki – Elevação da Consciência». Professor de Meditação Terapêutica Integral. Acima de tudo quero partilhar contigo o porquê de Reiki ser a «Arte Secreta de Convidar a Felicidade».

Share This Post On

1 Comment

  1. Popularmente bendito o dizer “a fé move montanhas”, que dizer o pensamento forte que as move.
    Namastê

    Post a Reply

Deixe um comentário