Desistir do Reiki – sim ou ver o caminho de forma diferente?

Em determinado momento do nosso percurso podemos sentir a vontade de desistir do Reiki ou de abandonar todos os conceitos e perspectivas que criamos sobre a prática. Desistir do Reiki será uma boa opção ou podemos tentar aprender com as dificuldades?

Acima de tudo o livre arbítrio, ou seja, cada um deve decidir aquilo que é melhor para si. Se alguém tem o direito de decidir iniciar a prática de Reiki, deve também ter o direito a desistir da mesma. Aí não há qualquer tipo de dúvidas.

Aprender com as lições antes ou depois de desistir do Reiki

Para qualquer decisão na vida, precisamos estar sempre em inteira consciência e com uma atenção plena ao momento. Se tomarmos decisões de cabeça quente, nem sempre os melhores resultados virão pois há alturas em que o universo espelha e rebate aquilo que enviamos, se tal for construtivo para nós.

O desistir não deve ser encarado como uma fraqueza, antes sim pode ser uma força de espírito cuja visão clara percebe que não é por aí o seu caminho.

“Nenhum homem é livre se não for mestre de si mesmo.” ~ Epicteto

Podemos aprender imenso com as lições da nossa desistência:

  • Quando optei por este caminho estava consciente do que era necessário?
  • Estava disponível para o fazer?
  • Fui à procura do quê e o que encontrei?
  • De que forma me frustrei e como isso me levou a desistir?
  • O que vais fazer para substituir esta prática, rumo ao que queres atingir?

Ver o caminho de forma diferente

Se estás relutante na tua decisão, toma alguns pontos em consideração e verifica o que já experimentaste no Reiki:

  • Fala com o teu Mestre sobre as tuas questões e a tua vontade;
  • Fala com os teus colegas de Reiki, partilha o que sentes;
  • Se não tens tempo para o Reiki, cria disponibilidade, será que sentes diferença?
  • Falta-te prática? Reiki não se aprende num só dia;
  • Consegues ser consistente no autotratamento? Se não, porquê?
  • Apegas-te mais ao que sentes de difícil ou à oportunidade que tens de melhorar? As perspectivas contam muito;
  • Praticas os cinco princípios diariamente e tomas uma reflexão de vida? Esta prática não é dizer da boca para fora ou dizer rapidamente para cumprir uma tarefa – é sentir, vivenciar e mudar;
  • O que sentes ao fazer o banho seco? É uma técnica eficaz para ti? E que mais técnicas praticas?
  • Já experimentaste meditar com Reiki?
  • E mudar os teus pensamentos com o nentatsu?

Acima de tudo sente. Sentir é muito importante.

O Reiki é diferente para cada pessoa, não te compares com outros pois isso não é o mais correto. Reiki sente-se interiormente, tem uma dimensão espiritual e essa só é vivida de forma individual.

Se tens questões, tenta procurar as suas respostas (primeiro com o teu/tua Mestre). As questões são como diques no fluir da energia – vai bloqueando a mente e a energia.

Reiki toca-te interiormente e ajuda-te a encontrar a harmonia. Por vezes essa harmonia vem através de uma crise de cura. Quanto mais te compreenderes mais crescerás rumo à felicidade.

1 thought on “Desistir do Reiki – sim ou ver o caminho de forma diferente?”

  1. …já me apeteceu…mas senti que seria desistir de mim…sigo a cada dia olhando o caminho de forma diferente…grata João…

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.