Atenção Plena – Mindfulness no Reiki
Quando o mestre Usui, nos seus preceitos, nos indicava «Só por hoje…» a sua mensagem era clara – atenção plena, estar no aqui e agora. Também no Reiki se precisa deste momento focado e de uma mente vazia.

Mindfulness no Reiki

Mindfulness é um termo muito em voga nos dias de hoje. É a aproximação académica, secular e até clínica para a prática budista que em pali é conhecida como sati, que significa atenção, memória. É este acto de atenção que temos, por exemplo no momento Seichin Toitsu do Hatsurei-ho.

Como ter uma atitude de atenção plena no Reiki

Como dizia Kenji Hamamoto «primeiro temos que cultivar a atenção plena. Para manifestarmos e emanarmos Reiki, devemos focar a mente, purificar a mente.»

Para desenvolvermos esta atitude, devemos ter uma prática constante. Focar a mente é, aparentemente, impossível nos dias de hoje, em que uma mão está a escrever um sms, a outra a arrumar a louça e a cabeça ainda está a pensar no que tem a fazer a seguir. São imensas as solicitações e tarefas a fazer mas, quando dispersamos a atenção, dispersamos e perdemos energia – assim chegamos exaustos ao final de um dia ou, muitas vezes, mesmo ao meio de um dia.

Podemos praticar a atenção plena em pequenas coisas:

  • Quando lavamos a louça, estamos apenas nesse momento – sentimos a esponja, a espuma, a água, os objectos – estamos apenas nessa tarefa;
  • Quando tomamos banho, apenas estamos nesse momento e sentimos a água e tomamos a consciência do lavar e da limpeza;
  • Quando comemos, sentimos os sabores na boca e mastigamos calmamente.

Na prática de Reiki, é importante desenvolver a atenção plena se queremos aumentar a nossa percepção interior, o sentir da energia e dos seus efeitos em nós.

  • Ao fazeres a ligação com Reiki, coloca-te apenas no momento presente – sente como estás, sente o percurso da energia a entrar em ti;
  • Nos cinco princípios, deixa cada um deles ressoar em ti. Entrega a tua energia e o Reiki a cada um dos princípios e observa como te transformam;
  • No autotratamento, mantém a mente vazia e apenas sente – percebe como está essa parte do corpo, sente o que a energia traz para ti. Antes de mudares de posição… sente como estás;
  • No tratamento a outros deixa a energia fluir com a tua atenção apenas no fluxo constante. Não te prendas ao que sentes da outra pessoa, ganha o domínio da tua mente e das emoções e mantém-te centrado. Entrega-te à respiração, ao enraizamento, uma coisa de cada vez, deixando fluir.

Meditar em mindfulness – atenção plena com Reiki

Os pensamentos são apenas pequenos filmes projectados pela mente. Se os agarrares, continuarás a história e vais ficar apegado às emoções e à situação. Constata apenas o pensamento mas não te apegues a ele, mantém o foco na respiração ou no energia.

Se te imaginares como um pilar, ao seguires um pensamento ou uma emoção, esse pilar move-se, deixa de estar vertical e curva-se na direcção do pensamento ou emoção. Tendo isso em mente, mantém-te vertical, centrado.

  • Senta-te confortavelmente, observa a tua postura, assenta bem os pés no chão, endireita as costas, repousa as mãos sobre as pernas, com as palmas viradas para cima, inclina ligeiramente o queixo na direcção do peito;
  • Começa por esvaziar a mente, como se fosse uma sala – esvazia essa sala e pinta-a de branco;
  • Sente as tuas mãos, como estão?
  • Coloca-as em posição gassho, sente o que te traz essa postura;
  • Volta à mente, à tua sala interior, como está? Esvazia-a novamente;
  • Concentra-te na respiração, sente primeiro o ar que passa pelas narinas…. ar que entra, ar que sai;
  • Pratica a técnica da respiração, o Joshin Kokyu Ho – percorre a passagem do ar e da energia, leva a tua atenção a cada momento do processo – ao inspirar, energia entra e vai acumular-se no hara. Ao expirar, a energia espalha-se por todo o corpo;
  • Realiza esta prática pelo menos durante cinco a dez minutos;

Outros Cursos
Categorias de Artigos
Recebe a newsletter

Newsletter

Comments
All comments.
Comments

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.