Reiki

Porque nos sentimos cansados com Reiki no autotratamento

Há alturas em que na prática do autotratamento de Reiki temos uma sensação de cansaço ou abatimento. Isso pode acontecer como resposta de um dos corpos físico, mental ou emocional à sua condição e necessidade de repouso ou até por alguma falha no corpo energético que leva à perda de energia.

Para distinguir uma situação da outra, é preciso ter uma atitude de observador ao longo do autotratamento – em que posição foi necessária mais energia? Houve alguma posição que transmitisse mal estar? Surgiram memórias ou emoções que pudessem gerar a exaustão de energia?

Depois podemos ainda perceber como foi a preparação para o autotratamento – enraizamento? banho seco? Sentiu-se a ligação à energia?

E o local e predisposição – Foi no tempo e lugar certo? Com vontade ou por obrigação?

Sugestões para o autotratamento Reiki

No caso do autotratamento anterior ter demonstrado cansaço podem sempre experimentar o seguinte:

  • Colocar uma intenção – a intenção é importante. Um tratamento emocional pode revelar cansaço por isso podemos pedir – que seja com serenidade e equilíbrio, para o meu Bem Supremo;
  • Verificar o enraizamento;
  • Praticar o hatsurei-ho – irá ajudar a acumular energia vital e limpar alguma energia dissonante;
  • Realizar o autotratamento imaginando a energia a preencher e a revitalizar, sempre com uma grande sensação de paz.

 

Designer, Mestre, Terapeuta de Reiki, Presidente da Associação Portuguesa de Reiki e fundador da Ser - Cooperativa de Solidariedade Social. Autor dos livros «Reiki Guia para uma Vida Feliz», «O Grande Livro do Reiki», «Reiki Usui», entre muitos outros. Fundador da revista "Budismo, uma resposta ao sofrimento". Acima de tudo quero partilhar contigo o porquê de Reiki ser a «Arte Secreta de Convidar a Felicidade».

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.