Transformar o sofrimento em felicidade com Reiki

Transformar o sofrimento em felicidadeNem sempre os nossos momentos são bons e, quando encontramos o momento de força, queremos transformar o sofrimento em felicidade. Esta transformação é possível quando praticamos a aceitação. Neste processo devemos colocar a nós mesmos algumas questões:

  • Compreendo o momento que estou a passar?
  • Culpabilizo outros?
  • Responsabilizo-me por este momento?
  • Tenho força interior ou sinto-me exausto?
  • Parei forçado ou por vontade própria?
  • Consigo estar com pessoas ou preciso muito de estar com pessoas?

“É extremamente importante investigar as origens do sofrimento , saber como ele surge. Para iniciar este processo devem estar cientes da natureza mutável da nossa existência. Todas as coisas , eventos e fenómenos são dinâmicos, mudando a cada momento , nada permanece estático. E se todas as coisas estão sujeitas a alterações , nada existe em um estado permanente, portanto, todas as coisas estão sob o poder ou influência de outros factores, nada vai durar , não importa o quão agradável ou agradável pode ser a experiência. ~ Dalai Lama

No momento de sofrimento, precisamos parar. Concentrar todas as nossas energias em nós mesmos, ir buscar cada bocadinho nosso que entregamos a outros e a coisas e sermos um todo. Fazendo este exercício, muitas vezes apercebemo-nos que estavamos demasiado dispersos e, a dispersão, apenas nos traz fraqueza. Meditem, enraizem-se, pratiquem Reiki e recebam Reiki. Podemos dizer que o primeiro passo para transformar o sofrimento em felicidade é o estar centrado e uno consigo mesmo.

“A aceitação da mudança pode ser um factor importante para reduzir muito o nosso sofrimento. Muitas vezes causam sofrimento recusando-se a desistir do passado. Se definirmos a nossa imagem pela aparência que tinha ou o que se costumava fazer e não pode fazer agora , é provável que se sinta mais infeliz … a aceitação da inevitabilidade da mudança como um princípio geral ajuda-nos a enfrentar muitos problemas e a assumir um papel mais activo. Conhecimento e compreensão podem mudar e evitar a ansiedade, que é a causa de muitos dos nossos problemas … ” ~ Howard C. Cutler

Ao reconhecer a situação, estamos a colocar numa tela branca o nosso problema. Observar esse problema objectivamente, sem apego, irá ajudar a perceber uma outra perspectiva dele, assim como o caminho que ajuda na sua resolução, pois “não há soluções, há caminhos”. Após o reconhecimento devemos trabalhar a aceitação, compreendendo que tudo muda, tudo está em constante mudança e que essa mudança é benéfica se nos lembrarmos das palavras de Mikao Usui – Reiki é a arte secreta de convidar a felicidade.

Reconhecimento e aceitação da mudança, ajuda-nos a transformar o sofrimento em felicidade e podemos fazê-lo com a nossa prática de Reiki.

Uma outra perspectiva – o sofrimento e a energia

Quando estamos num estado de sofrimento, sentimo-nos pesados – tudo é pesado, nós estamos pesamos. Somos uma fina película onde qualquer coisa pode fazer uma marca profunda. Este estado pesado, atrai ainda mais energia da mesma qualidade e afecta a energia envolvente. A mudança terá que começar no interior para que depois mais facilmente possam limpar o exterior. Para a mudança do padrão energético interior, pratiquem além do autotratamento, o Hesso Chiryo e o Nentatsu. Não se esqueçam também de limpar o espaço onde estão, irá ajudar.

Exercícios para transformar o sofrimento em felicidade com Reiki

Reiki é amor incondicional, ele traz transformação e equilíbrio mas, requer prática, não acontece milagrosamente. Possivelmente, se estão num momento de sofrimento, devem ter o chakra da coroa tapado e, como tal, será mais difícil de praticar ou terem vontade de praticar. O truque é – Não desistir!

Posições de Reiki

  • Tratamento da cabeça
  • Mão no coração e no chakra raiz
  • Mão no coração e no esplénico
  • Mão no coração e no plexo solar
  • Mão no coração e na laringe
  • Mão no coração e na terceira visão
  • Mão no coração e na coroa
  • Terminar com as mãos no cardíaco

Os cinco princípios para transformar o sofrimento em felicidade

Os gokai podem sempre ajudar-nos nestas situações. Parem, centrem-se e com as mãos em Gassho, recitem:

Só por hoje – aqui e agora, no momento presente, paro e centro-me

Sou calmo – concentro-me na minha respiração, deixo fluir o Reiki para dentro de mim

Confio – confio em mim, nas minhas capacidades e no universo pois estou num caminho onde procuro a felicidade

Sou grato – sou grato por esta situação que me leva a compreender o que tenho a mudar, sou grato porque sei que sou capaz de mudar

Trabalho honestamente – sou verdadeiro comigo e aceito-me, encaro esta situação de frente e em verdade

Sou bondoso – abraço-me e sei que posso contar comigo, eu acredito em mim e gosto de mim, sei que a minha força irá ajudar-me a prevalecer.

Num momento de sofrimento, acima de tudo é preciso não nos esquecermos de nós mesmos. Centrar, procurar ajuda, compreender o momento e aceitar a mudança que é necessária. Tudo pode ser feito com serenidade e muito Reiki.

Author: João Magalhães

Sou Designer, Mestre, Terapeuta de Reiki, Mestre de Karuna, Presidente da Associação Portuguesa de Reiki e co-fundador do CENIF. Autor dos livros «Reiki Guia para uma Vida Feliz», «O Grande Livro do Reiki» e «Reiki – Elevação da Consciência». Professor de Meditação Terapêutica Integral. Acima de tudo quero partilhar contigo o porquê de Reiki ser a «Arte Secreta de Convidar a Felicidade».

Share This Post On

1 Comment

  1. ESTOU MUITO FELIZ POR TÊ-LOS ENCONTRADO.ESTAVA ME SENTINDO MUITO SOZINHA NESTA CAMINHADA. POR FALTA DE IDENTIFICAÇÃO. TIVE QUE CHEGAR AS MESMAS CONCLUSÕES SO E ESTA É A PROVA DE QUE REIKI É A ENERGIA DA VIDA,E QUE TODOS SOMOS IGUAIS NÃO IMPORTA CREDO ,RELIGIÃO NIVEL CULTURAL OU INTELECTUAL
    PAZ,AMOR
    sangit

    Post a Reply

Deixe um comentário