Porque o Reiki não flui em mim

Reiki não flui, o fluir da energiaEm alguma altura já sentiram que o reiki não flui em vocês? Pode não ser tão estranho quanto parece.

O fluxo de energia é sempre condicionado pela recepção do seu condutor, ou seja da pessoa e dos seus canais energéticos. Reiki é uma energia que flui de “cima” para “baixo”, ou seja, que vem do universo envolvente para “dentro de nós” através do nosso corpo energético. Se estamos doentes, o nosso corpo energético está necessariamente em desequilíbrio e todo o fluxo energético é instável, por isso podemos sentir que o Reiki não flui em nós. Um bom exemplo é o momento em que estamos constipados. Se tivermos ingerido muita comida, muita carne vermelha, se estivermos intoxicados ou ingerido muito álcool, o mesmo se pode passar – o corpo energético está instável, debilitado e não conduz tão facilmente a energia.

Estes são alguns dos exemplos de situações em nós que podem impedir o correcto fluxo da energia Reiki. No entanto há mais duas situações muito importantes a serem observadas – o estado emocional e a acumulação de energia densa.

Se estamos tristes, deprimidos, sempre com um atitude de julgamento, os nossos chakras estão desalinhados. Estes receptores e emissores de energia não estarão a comunicar correctamente e todo o canal energético pode encontrar-se debilitado, logo a energia Reiki poderá não fluir. É como se estes vórtices de energia, uma espécie de motores, estivessem descompassados ou a realizar um movimento mais lento ou mais acelerado que o normal, fazendo com que a energia não circule correctamente.

A acumulação de energia densa também não é de todo boa para nós. Esta acumulação pode acontecer por estamos num estado emocional negativo muito prolongado, pela absorção de energia densa que esteja no meio envolvente (atenção ao chakra do plexo solar e laríngeo) ou por estarmos a realizar tratamentos sem termos o devido cuidado de nos tratar a nós mesmos ou de fazer a limpeza energética que precisamos.

A melhor forma de compreendermos porque o Reiki não flui em nós, é conhecermo-nos a nós mesmos – como eu estou? Como me sinto? Porquê? O que preciso?

Por vezes, a densidade de energia que deixamos acumular em nós é tão espessa quanto uma esponja que absorveu toda a sujidade que estava no chão. Neste caso, mesmo que alguém nos esteja a passar Reiki, pouco iremos sentir – há um longo trabalho de limpeza interior a ser feito e não só – devemos também fazer uma grande autoanálise para perceber como chegamos a este ponto. O excesso de preocupação, a aura descuidada, o tratar os outros sem se tratar a si mesmo, a falta de crescimento interior, são tudo factores que nos podem levar a deixar de sentir o Reiki a fluir em nós.

Como fazer o Reiki fluir em nós

Tanto devemos cuidar do corpo, como da alma, da mente e do espírito, ou seja, o nosso cuidado deve ser integral e holístico – olhar para nós como um todo. A nossa alimentação deve ser mais cuidada para nos desintoxicarmos, a mente deve encontrar o seu silêncio, as emoções devem serenar e o espírito deve ser cumprido. Cuidar de nós mesmos é muito importante. Se estão num estado de desequilíbrio, procurem também alguém que vos possa tratar e insistam no vosso autotratamento como um momento de amor próprio. É um tempo de cuidado e carinho que vos vai fazer elevar. Se estão bloqueados, deixem estar as mãos no chakra cardíaco e plexo solar, tal irá ajudar a harmonizar e a desbloquear a energia. Mesmo que não estejam a sentir, deixem-se estar. Pratiquem também o Hesso Chiryo e o Nentasu, irá ajudar a desintoxicar fisica e emocionalmente, além de trazer serenidade à mente.

Se por acaso estão no início da vossa prática de Reiki e não sentem bem a energia, então não associem logo a estes factores. Reiki é uma arte, requer tempo de prática e atenção interior. Por vezes não se sente o fluir por não se estar atento ou habituado a uma prática mais interior. Neste caso o melhor conselho é sempre… continuar a praticar, insistir no autotratamento e na meditação gassho.

Os exemplos aqui apresentados podem também servir para os vossos pacientes.

1 thought on “Porque o Reiki não flui em mim”

  1. Ana Figueiredo

    Gratidão 😀 Tenho a adicionar que o Reiki pode não fluir por não ser necessário para o recetor naquela determinada zona. Quem determina a quantidade de Reiki é o recetor, logo dependerá mais dele do que do canal e não tanto “sempre condicionado pela recepção do seu condutor” Namaste!

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.