Alimentação e reiki

alimentação e reikiComer de tudo ou ser estritamente vegetariano? A alimentação e Reiki é algo que deve ser conjugado sabiamente ou de qualquer maneira?

“Somos o que comemos” ~ Hipócrates 

O que comemos, o como preparamos a comida e a forma como comemos, pode ter um grande efeito nos nossos vários corpos e nas acções que pretendemos realizar com eles. Se vamos realizar a prática de Reiki, devemos prestar atenção ao que comemos. Sendo terapeutas ou voluntários, saibam que a comida que escolherem pode influenciar a vossa prática.

Alimentação e Reiki – compreender as necessidades

“Que o vosso alimento seja o vosso primeiro medicamento” ~ Hipócrates

Ser praticante de Reiki não é ser obrigatoriamente vegetariano. Devemos seguir a sabedoria do nosso corpo e compreender o que ele precisa. Também as profissões que temos e as exigências de vida podem afectar as nossas escolhas alimentares.

Ao praticar Reiki, podemos descobrir que se tivermos ingerido muita comida não conseguiremos ser canais tão eficientes nesse momento. Podemos constatar que a carne nos torna mais pesados e que as bebidas alcoólicas podem ter um efeito mais amplificado em nós. O nosso canal energético foi amplificado, mudado e, naturalmente, sentiremos as coisas de uma maneira diferente.

Pensem sempre no que realmente precisam e na quantidade que precisam. Consultem um nutricionista ou naturopata para vos auxiliar nesse processo. Se por exemplo tiverem um actividade exigente e depois ainda fizerem sessões de Reiki, possivelmente terão necessidades diferentes do caso de apenas viverem de fazer sessões de Reiki. Com isto não quer dizer que fazendo apenas sessões irão virar vegetarianos – a prática pode ser exigente no desgaste de nutrientes no vosso corpo. Dependerá de pessoa para pessoa mas, nada como ter a devida atenção.

Algo que será indispensável é a atenção à água – a hidratação é muito importante para nós, não só porque a passagem de energia desidrata a maior parte dos praticantes e receptores, como também porque é excelente para eliminar toxinas, regular a temperatura do corpo, entre muitas outras vantagens..

Aplicar reiki aos alimentos

Se somos praticantes de Reiki e estamos habituados a fazer autotratamento e tratamento a outros, a limpar espaços, porque não experimentar fazer Reiki aos alimentos?

Esta prática é simples. Podem fazer por visualização ou colocando as mãos por cima, deixando fluir Reiki. Quem tem pelo menos o segundo nível, pode colocar um CHKR na comida. O que estamos a fazer é harmonizar e potenciar a energia dos alimentos.

Podemos também fazer o mesmo enquanto estamos a confeccionar – enviar Reiki durante todo o processo.

Notem que ao aumentar o valor energético dos alimentos, podem sentir-se saciados mais rapidamente. Devem ter a atenção de que essa sensação pode não corresponder exactamente ao terem ingerido todos os nutrientes suficientes.

Além da prática de Reiki, podem também experimentar expressar a gratidão. Aos que colheram os alimentos, aos que os plantaram, a todos os intervenientes. No caso de serem animais ou derivados, agradecer a sua vida.

Algumas experiências

Muitas vezes se pergunta qual o efeito do álcool na prática de Reiki. Naturalmente se se vai praticar Reiki não se deve consumir álcool mas experimentem o seguinte. Após beber um copo de vinho, o que acontece se aplicarem Reiki em vocês mesmos?

Esta experiência deve ser apenas aplicada no próprio e serve para mostrar as contra-indicações de ingerir qualquer tipo de substância tóxica, inebriante, que possa alterar o estado de consciência. Nuns casos, o efeito do álcool passa mais rapidamente, noutros os seus efeitos são ampliados – tontura, cabeça no ar, sonolência, vómito.

Experimentem sentir a energia dos alimentos e perguntar ao vosso corpo – “como me vou sentir se comer isto?”. Irão aprender bastante sobre vocês mesmos e sobre o que realmente precisam comer (e porquê).

Respeito por nós, pelos outros, pela energia

“Reiki é causa e efeito… Remova a causa e não haverá mais efeito” ~ Takata

Podemos comer de tudo, podemos sempre agradecer por tudo. Não precisamos viver para comer mas precisamos comer para viver. De uma forma consciente e ponderada, conseguimos fazer parte do grande ciclo da vida, mantendo o equilíbrio da biosfera. A gratidão, o respeito pela vida, ajuda-nos a ter uma outra postura perante a comida. Se precisamos de mudar, podemos fazê-lo no tempo que for necessário, de forma equilibrada.

1 thought on “Alimentação e reiki”

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.