Reiki

Os cinco princípios de Reiki, qual a melhor versão

Mikao Usui, Gokai, GainenOs cinco princípios de Reiki – os Gokai – têm várias traduções e interpretações. Tal pode levar praticantes a chegar à questão – qual a melhor versão?

Sinceramente? Todas as versões e interpretações são as melhores para quem as sente e pratica. Reiki é simples, é uma expressão de energia vital, é a “arte secreta de convidar a felicidade” e todos sabemos que a felicidade é procurada e vivenciada de forma única por cada Ser Humano. Se um praticante de Reiki recitar, vivenciar e em si operar a transformação da consciência através deste cinco princípios, não interessa a tradução que ele pratica, interessa sim o seu compromisso, entrega e realização.

Cinco princípios de Reiki – a origem japonesa

GOKAI -五戒 (5 mandamentos/princípios)

Kyo dake wa -今日たけは

Ikaruna -怒るな

Shinpaisuna –  心配すな

Kanshashite -感謝して

Gyo wo hageme -業をはけめ

Hito ni shinsetsu ni -人に親切に

Cinco princípios de Reiki

Podemos encontrar no Usui Reiki Ryoho Hikkei, uma tradução directa do Usui Gainen, os princípios de Usui:

Ensinamentos do Usui Reiki Ryoho para aperfeiçoamento do Corpo-Mente
O método secreto para convidar a felicidade
O remédio milagroso para todas as doenças.
Só por hoje, não te zanges, Não te preocupes.
Com apreço, faz o teu trabalho.
Sê bondoso para com as pessoas.
Na tua vida, faz gassho como a tua mente te recorda.

Esta versão original tem uma vertente mais imperativa “Não te zangues”, “Sê bondoso”. É típico de uma sociedade oriental, que está focada no respeito, à contenção das emoções para com os outros. Para nós ocidentais, pode não fazer tanto sentido, daí as traduções de hoje em dia, mesmo ditas tradicionais apresentarem-se como:

Só por hoje,
Sou calmo,
Confio
Sou grato
Trabalho honestamente
Sou bondoso

Esta é uma forma positiva, afirmativa de fazer crescer em nós a virtude de cada princípio. Estes foram os princípios ensinados por Usui e Hayashi, no entanto, a Mestre Takata apresentou-os de outra forma, mais adequada à sociedade americana.

Os cinco princípios de Reiki na versão mais comum no ocidente

Diane Stein, no seu livro Reiki Essencial, indica os cinco princípios como foram recitados pela Mestre Takata:

Só por hoje, não se aborreça
Só por hoje, não se preocupe
Contemos nossas bênçãos e honremos nosso pai e nossa mãe, nossos mestres e o próximo;honremos nosso alimento.
Ganhe a vida honestamente.
Seja bondoso para com todos os seres vivos

Ou ainda outra versão que pode ser encontrada no sistema essencial na décads de 80 em Portugal:

Só por hoje, não me zango,
não me preocupo
trabalho honestamente
Agradeço todas as bênçãos recebidas
Sou bondoso com o meu semelhante e todos os seres vivos

Nestes princípios, apesar de mantida a negação ao início dos dois primeiros princípios, encontramos um acrescento considerável nos princípios da gratidão e da bondade. Faz parte de um contexto explicativo de cada um desses princípios.

Muitas formas o mesmo valor

Como lição, devemos aprender a respeitar cada uma das diferentes perspectivas. Todas elas apresentam os cinco princípios e os seus valores. Assim sendo, todas as formas são os Gokai. O importante é não desvirtuar a essência, quanto à forma, tudo tem a sua mudança para que possa ser mais facilmente compreendida na sociedade do tempo presente. Acima de tudo, os Gokai servem para o crescimento, para a mudança da consciência.

Designer, Mestre, Terapeuta de Reiki, Presidente da Associação Portuguesa de Reiki e fundador da Ser - Cooperativa de Solidariedade Social. Autor dos livros «Reiki Guia para uma Vida Feliz», «O Grande Livro do Reiki», «Reiki Usui», entre muitos outros. Fundador da revista "Budismo, uma resposta ao sofrimento". Acima de tudo quero partilhar contigo o porquê de Reiki ser a «Arte Secreta de Convidar a Felicidade».

Um comentário

  • cidália abreu

    Grata por esta explicação, já me tinha interrogado sobre estas diferenças e como diz o João “O importante é não desvirtuar a essência “. Pois sem duvida os Gokai servem para o nosso crescimento

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.