Se há um dia verdadeiramente importante a cumprir é o dia da consciência. A plena consciência faz parte da compreensão e escuta atenta que devemos desenvolver. Estar consciente é tornar-me um ser activo na mudança.

dia-da-consciencia-o-tao-do-reiki-

O dia da consciência será celebrado todas as quartas-feiras.

Dia da consciência, voltar para dentro no auto-cuidado

“Não existe ninguém no universo de quem gostemos mais do que de nós mesmos. A mente pode viajar em milhares de direcções  mas não encontrará ninguém mais amado. No momento em que vemos o quanto é importante amar a nós mesmos, deixamos de causar sofrimento as pessoas.” – Thich Nhat Hanh

A criação de um dia da consciência vem através das palavras do monge Thich Nhat Hanh. No seu livro “Criar a verdadeira paz”, relata-nos que aqueles que voluntariamente ajudam o próximo não podem estar longe da plena consciência, da sua calma e equilíbrio. Ao ver os voluntários exaustos, pelo serviço, estipulou um dia da consciência, onde os voluntários apenas cuidavam de si, para depois poder cuidar melhor dos outros. Conhecendo tão bem a realidade de ser voluntário, eu e a Sílvia decidimos seguir este sábio conselho e estimular outros a fazê-lo também.

Assim, o Tao do Reiki e o CENIF, irão estimular todos aqueles que de alguma forma trabalham como voluntários a terem o seu dia da consciência – Olharem para dentro, realizarem o auto-cuidado.

Porquê a quarta-feira?

Este é o dia do meio da semana, quando por vezes já estamos a fazer o balanço das actividades e as perspectivas ao descanso. Assim, não há melhor dia que este para procurarmos a plena consciência e o equilíbrio.

O dia da consciência para praticantes de Reiki

O praticante de Reiki naturalmente deve praticar o auto-cuidado diariamente mas, sabemos que essa é uma rotina que nem sempre é fácil. Com o Dia da Consciência, queremos garantir que pelo menos uma vez por semana isso é atingido.

Neste dia, podem realizar meditações, auto-tratamento, prática de técnicas específicas para a elevação da consciência, como o Nentatsu ou uma prática meditativa com os Gokai, os cinco princípios.

facebook-dia-da-consciência

Dia da consciência e a paz interior

“As guerras nascem no espírito dos homens, e é nele, primeiramente, que devem ser erguidas as defesas da paz. Poderíamos dar a esta tese o nome de ‘ecologia interior ou pessoal’”. – Preâmbulo do Ato Constitutivo da Unesco,

Neste dia, queremos essencialmente celebrar a paz interior. Aquela tão necessária para que tudo na nossa vida seja equilibrado, para que possamos levar o equilíbrio aos outros. Cuidar da nossa ecologia interior, é ter uma consciência plena e elevada de que todos somos um.

“Segundo esse ponto de vista, a paz é ao mesmo tempo felicidade interior, harmonia social e relação equilibrada com
o meio ambiente. Assim, não pode haver verdadeira paz no plano pessoal quando se sabe que reinam a miséria e a violência no plano social ou que a natureza nos ameaça com a destruição porque nós a devastamos.
A visão ou consciência holística implica um alargamento progressivo das fronteiras humanas. Começamos pela pessoa, cujas características egocentradas diminuem quando ela se abre para a sociedade em que vive. Já é uma evolução, mas pode-se ir além.
Progressivamente, esse indivíduo descobre que sua vida e a de seus semelhantes dependem de um delicado equilíbrio
ecológico: a consciência sociocentrada se desdobra então em consciência planetária.” – Pierre Weil – L’art de vivre en paix

Sobre o logótipo e a imagem do Dia da Consciência

“Sorria, respire e vá devagar.” – Thich Nhat Hahn

 O lótus representa o nascimento divino, o crescimento espiritual. Aquele que surge da lama em pureza.

A esfera por cima do lótus representa a consciência, o Ser, o Bindu, o Atman.

Este logótipo é livre de utilização por todos, podendo cada entidade ou grupo colocar a sua identidade por baixo deste logótipo. Apenas pedimos que façam referência ao Tao do Reiki e às reflexões de Thich Nhat Hahn. O logótipo foi criado por João Magalhães.

dia-da-conscienciadia-da-consciencia-tao-do-reiki