Komuso shakuhachi

Shakuhachi – a iluminação pela flauta japonesa

Mukaiji reibo

Komuso shakuhachiEsta peça é uma das três mais antigas e importantes da Kinko Ryu Honkyoku junto com “Shin No Kyorei” e “Koku Reibo”. Estas três peças são também referidas como as três peças de Bekkaku, tocadas na flauta Shakuhachi.

De acordo com o diário de “Kyotaku Denki”, esta é uma peça que o monge Kyochiku Zenshi (também conhecido pelo nome de “Kichiku” que era um estudante de Hotokokushi Kakushin – fundador da Fuke Shu), recebeu em sonho enquanto dormia no templo Koku Zodo localizado no sopé da montanha Kishu Asakuma, durante as suas viagens como Komuso. No seu sonho, enquanto contemplava a lua de um barco, ele ouviu duas melodias diferentes e estranhas de flauta. Assim que acordou, ele tentou tocar esta música estranha com seu Shakuhachi e depois voltou ao seu professor Kakushin para informar sobre o que tinha acontecido e o que tinha feito. O mestre Kakushin nomeou a primeira melodia “Mukaiji” e depois “Kokuji”. O termo “Reibo” é apenas um sufixo adicionado depois por Kinko Kurosawa, que não tem nenhum significado especial.

Mukaiji foi transmitida ao Kinko por Ikkei em Kishu Asakuma Yama Koku Dozo no ano Kyoho 13.

Shakuhachi: Mukaiji reibo

[lyte id="BrD-D60Ij9E" /]

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.