Quando parar de enviar Reiki à distância

Se estás no nível 2 ou 3 e costumas enviar Reiki à distância, já te deves ter perguntado “mas quando é que eu paro e como?”. Esta técnica, chamada de Enkaku Chiryo, que é o envio de Reiki à distância ou o tratamento ausente, é de cada vez maior importância para todos, por isso mesmo, precisamos estar à vontade com ela e ter as questões resolvidas.

O tempo para enviar Reiki à distância

Se estás a enviar Reiki para uma pessoa que te pediu, então combina com ela para que te avise quando já estiver bem. Ou, se quiseres, vai perguntando como ela está. Se fores terminar o envio de Reiki, então avisa a pessoa que o irás fazer e que se voltar a necessitar, para pedir. Esta é também uma boa medida de compromisso.

Se a pessoa não fez o pedido directamente, então terás que confiar muito na tua intuição. Quando sentires que é o momento de parar, então poderás parar.

Em qualquer destas situações, tu mesmo poderás sentir que já não queres enviar mais, o que está em teu pleno direito. Por isso mesmo, vai avaliando ocasionalmente os teus pedidos de envio de Reiki à distância.

Por isso mesmo, não há um tempo para parar, há sim ou uma confirmação da pessoa ou um sentir da tua parte.

Se tiveres os pedidos em papéis, que colocas na tua caixinha de Reiki, então é fácil, basta tirares o papel. Há quem goste de o queimar, como se estivesse a terminar mesmo esse trabalho. Se tiveres num caderno, poderás, se assim entenderes, riscar o pedido, ou colocar um texto que indique “terminado”.

Já sabes, se pedires para te enviarem Reiki ou para enviarem para alguém, faz esse pedido de forma privada devido à lei da privacidade.

Autor: João Magalhães

Sou Designer, Mestre, Terapeuta de Reiki, Mestre de Karuna, Presidente da Associação Portuguesa de Reiki e co-fundador do CENIF. Autor dos livros «Reiki Guia para uma Vida Feliz», «O Grande Livro do Reiki» e «Reiki - Elevação da Consciência». Professor de Meditação Terapêutica Integral. Acima de tudo quero partilhar contigo o porquê de Reiki ser a «Arte Secreta de Convidar a Felicidade».

Partilhar

Deixe um comentário