O caminho do Reiki é longo e árduo

O caminho do Reiki parece ser muito entusiasmante e algo de incrivelmente fácil e acessível a todos. Como o Mestre Usui dizia, ele é “a arte secreta de convidar a felicidade” e no seu tempo chamava-se Usui Reiki Ryoho no michi – o caminho do método de cura Usui, pela Energia Universal. Mas será que este caminho é assim tão fácil e acessível como se crê?

O caminho do Reiki

Reiki é algo de muito simples e natural. Muitos praticantes dizem que parece algo que já sabiam a vida toda, outros mais cépticos vêm a descobrir mais tarde que é algo que não se racionaliza puramente, mas que se vivencia. Se levarmos as coisas com superficialidade, o caminho do Reiki é algo de tão simples que se torna enfadonho, sem respostas e sem sentido. Fazes os 21 dias de autotratamento, com sorte seguidos, recitas os cinco princípios e aplicas Reiki nos outros. E depois? Depois achas que não há mais nada a fazer e muito possivelmente queres atingir todos os outros níveis muito rapidamente para que possas tratar dos outros, pois são mais importantes que tu mesmo. E este é o caminho curto e superficial.

Tens o caminho do Reiki que é longo. É aquele que te pede esforço, porque na vida, as coisas que são realmente importantes pedem esforço diário até tudo se tornar natural, enraizado como um pinheiro forte na montanha. Este esforço surge porque tens que trabalhar interiormente, compreendendo as tuas questões através dos cinco princípios, entendendo as causas das tuas questões e sabendo como cuidar delas com Reiki, para o teu bem supremo e para o bem supremo de todos. Neste longo caminho, percebes que para cuidar dos outros, tens que primeiro cuidar de ti. Que para realmente saberes cuidar dos outros, tens que ter uma longa experiência antes de te aventurares profissionalmente e que tudo leva o seu tempo. Tudo começa quando, com as mãos em gassho, esvazias a mente, colocas o coração predisposto e recitas os cinco princípios. Este é um caminho de uma vida.

E que caminho do Reiki tu pretendes tomar?

Aquele que é curto e que não te levará a uma transformação, ou àquele que é longo, árduo, mas que te levará à compreensão do que é “Guiar para um Caminho Pacífico e Feliz”?

O Usui Reiki Ryoho foi feito para todos, mas traz-te algumas exigências como compreender quem és, quem os outros são, o que é a vida. É através do Usui Reiki Ryoho que aprendes a trabalhar com Reiki, a energia que está disponível no universo, para tudo e para todos.

O caminho do Reiki é incrível, só o conseguimos realmente perceber quando o vivemos e isso implica entrega, desapego do que não é bom, para que possamos convidar a felicidade. Reiki é e será também aquilo que tu dele fizeres.

Podes ler mais sobre alguns dos ensinamentos do Mestre Usui, para uma prática profunda, no livro Reiki Guia para Uma Vida Feliz, onde poderás descobrir os 125 poemas que ele escolheu para reflexão.

 

Autor: João Magalhães

Sou Designer, Mestre, Terapeuta de Reiki, Mestre de Karuna, Presidente da Associação Portuguesa de Reiki e co-fundador do CENIF. Autor dos livros «Reiki Guia para uma Vida Feliz», «O Grande Livro do Reiki» e «Reiki - Elevação da Consciência». Professor de Meditação Terapêutica Integral. Acima de tudo quero partilhar contigo o porquê de Reiki ser a «Arte Secreta de Convidar a Felicidade».

Partilhar

Deixe um comentário