Limpeza energética das costas e dos chakras das costas

As costas representam o passado e os chakras, na sua orientação atrás, representam os nossos centros da vontade. Como não conseguimos ter um olhar pelas costas, nem sempre a nossa consciência faz o seu devido trabalho – observar a energia e, principalmente limpar e corrigir qualquer desvio ou alteração.

Se deixarmos demasiada energia densa se acumular nas costas, podemos ter sensações como a de carregar o mundo às costas, má disposição, falta de vontade, indisposição, tristeza, entre muitas outras reacções a essa energia densa.

Como fazer uma limpeza energética nas costas

Podem fazer o autotratamento de Reiki, em primeiro lugar, ou fazer logo a limpeza, como sentirem melhor;

  • Fazer enraizamento, banho seco e chuva de Reiki;
  •  Iniciar o enkaku chiryo, o tratamento à distância, como se fossem fazer Reiki a outra pessoa;
  • Visualizar as vossas costas e limpar energéticamente de cima, para baixo, fazendo toda a energia mais densa ir para a Terra;
    • A limpeza é feita enviando Reiki e imaginando que estão a fazer o mesmo movimento que realizam com a chuva de Reiki;
    • Limpem desde a pele até uns cinquenta centímetros de distância da mesma;
  • Enviem Reiki, como se estivessem a fazer todas as posições das costas;
  • Alternativamente podem enviar Reiki para cada chakra ou ainda envia a energia da cor de cada chakra para os equilibrar;
  • No final, verifiquem se está tudo bem;
  • Terminem o envio de Reiki à distância e agradeçam.

Vejam também o que podem fazer quando tiverem excesso de energia, aqui…

 chakras - costas

Autor: João Magalhães

Sou Designer, Mestre, Terapeuta de Reiki, Mestre de Karuna, Presidente da Associação Portuguesa de Reiki e co-fundador do CENIF. Autor dos livros «Reiki Guia para uma Vida Feliz», «O Grande Livro do Reiki» e «Reiki - Elevação da Consciência». Professor de Meditação Terapêutica Integral. Acima de tudo quero partilhar contigo o porquê de Reiki ser a «Arte Secreta de Convidar a Felicidade».

Partilhar

Deixe um comentário